Lisboa e Porto com altos níveis de crescimento entre os aeroportos europeus

Os aeroportos de Lisboa e do Porto atingiram no terceiro trimestre deste ano, que compreende o período de ‘pico’ da estação alta da aviação e turismo, os mais altos níveis de crescimento dos aeroportos europeus, segundo os rankings elaborados pelo ‘Airports Council International’ (ACI), que afirma representar aeroportos por onde passam anualmente cerca de 2,3 mil milhões de passageiros.

Segundo o ACI, no terceiro trimestre, o Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, teve o quarto aumento mais forte de passageiros dos maiores aeroportos europeus, que têm mais de 25 milhões de passageiros por ano, com uma subida em 7,7%. O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, no norte do País, teve a terceira mais forte taxa de crescimento dos aeroportos do Grupo 2, que têm entre dez milhões e 25 milhões de passageiros por ano, com um aumento em 11,3%.

Os dados do ACI permitem ver, aliás, que no terceiro trimestre Lisboa teve mesmo o nono maior aumento de passageiros dos aeroportos europeus, com mais 657 mil que no período homólogo de 2018, e o Porto teve o 18º, com mais 395,8 mil que há um ano.

Lisboa atingiu no terceiro trimestre um total de 9,189 milhões de passageiros, cotando-se como o 19º maior aeroporto europeu, e o Porto foi o 52º, com 3,898 milhões.

Relativamente ao Verão de 2018, Lisboa subiu duas posições no ranking dos maiores aeroportos europeus e o Porto subiu cinco.

Já o Aeroporto de Faro, no Algarve, sul de Portugal, com um aumento de passageiros em 2,1% ou 71,2 mil, para 3,464 milhões, foi o 57º maior da Europa este Verão, melhor uma posição que na época estival de 2018, enquanto o da ilha da Madeira se manteve em 130º, apesar de uma queda de passageiros em 0,5% ou 4,5 mil, para 910 mil.

Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, arquipélago dos Açores, por sua vez, subiu duas posições, para 144º este Verão, com 717,4 mil passageiros, +5,6% ou mais 38 mil que no período homólogo do ano passado.

No conjunto dos primeiros nove meses deste ano, Lisboa sobe de 21º a 19º maior aeroporto europeu, com 23,8 milhões de passageiros, o Porto sobe de 55º para 50º, com 10,05 milhões, Faro sobe de 66º para 63º, com 7,43 milhões, Madeira baixa de 122º para 124º, com 2,476 milhões, e Ponta Delgada sobe de 150º para 147º, com 1,62 milhões.

Segundo o ACI, os aeroportos europeus têm nos primeiros nove meses deste ano um aumento médio de passageiros em 3,5%, com +3,7% nos países da União Europeia e +3% nos restantes.

Para Portugal, o ACI, que apenas inclui cinco aeroportos portugueses (Lisboa, Porto, Faro, Madeira e Ponta Delgada), indica um aumento médio em 7%, que compara com +4,9% em Espanha, +4,6% em França, +1,7% no Reino Unido, +4,1% em Itália e +3,2% na Alemanha.

Em número de passageiros, com base em dados publicados pelo ACI relativos a 239 aeroportos, com um total de 1.681,3 milhões de passageiros nos primeiros nove meses deste ano, Lisboa tem o 11º maior aumento, com mais 1,557 milhões, somando 23,8 milhões, e o Porto tem o 23º maior aumento, com mais 955,2 mil, atingindo um total de 10,05 milhões.

Faro tem o 60º maior aumento, em 320,3 mil (+4,5%), Ponta Delgada tem o 95º, com mais 107,5 mil que há um ano, e a Madeira tem o 121º, com mais 29,3 mil.

Moscovo/Sheremetyevo é o aeroporto europeu que tem o maior aumento de passageiros nos primeiros nove meses do ano, com mais 4,19 milhões (+12,2%, para 38,535 milhões), seguido por Viena, com mais 3,9 milhões (+19,5%, para 23,956 milhões), Antalya, com mais 3,37 milhões (+12,9%, para 29,56 milhões), Paris Charles de Gaulle, com mais 3,33 milhões (+6,1%, para 58,08 milhões), e Milão/Malpensa (que beneficia do encerramento para obras de Linate), com mais 3,1 milhões (+16,5%, para 21,94 milhões).

Seguem-se Madrid, com aumento de três milhões de passageiros (+6,9%, para 46,57 milhões), Berlim/Tegel, com mais 2,5 milhões (+16%, para 18,46 milhões), Kiev, com mais 2,1 milhões (+22,5%, para 11,62 milhões), Barcelona, com mais dois milhões (+5,2%, para 40,68 milhões), e Moscovo/Vnukovo, com mais 1,9 milhões (+11,7%, para 18,49 milhões).

 

  • © PressTUR – agência de notícias de turismo e viagens

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica