Bem-vindo, !|Sair

Lufthansa transforma A340-300 para transporte de pacientes com Ébola

A companhia aérea alemã Lufthansa está a adaptar um avião de longo curso, Airbus 340-300. Registo D-AIGZ, construido em 2000, para  o transporte de doentes infectados com o vírus do Ébola, de acordo com um pedido que lhe foi feito pelo governo alemão.

O avião deverá estar ao serviço ainda neste mês de Novembro e não servirá para transportar apenas doentes de nacionalidade alemã. A companhia pretende ser compensada pelo facto de ter retirado o avião do serviço normal de passageiros, pelo que os governos ou entidades que utilizarem o aparelho terão de pagar as despesas. Caso não haja actividade, o Governo da República da Alemanha comprometeu-se a cobrir os custos.

O A340-300 está a sofrer as modificações necessárias nas instalações da Lufthansa Technik. Foram desenhadas três unidades isolamento que serão montadas dentro do avião para o transporte de doentes infectados. Serão mantidas algumas poltronas onde se sentarão os profissionais de saúde que acompanharão os doentes. A Lufthansa revelou que os voos serão operados por pessoal técnico e de cabina da companhia, em regime de voluntariado.

Actualmente, apenas existem nos Estados Unidos dois aviões preparados para o transporte deste tipo de pacientes, com isolamentos individuais. Entre as mudanças a fazer no avião está a instalação de sistemas isolados de ar condicionado e ventilação, em cada uma das unidades de isolamento destinadas aos doentes.

De acordo com os últimos dados da Organização Mundial da Saúde, pelo menos 14.098 pessoas foram infectadas, e desses, 5.160 morreram no último surto de Ébola, na África Ocidental.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica