Bem-vindo, !|Sair

Luxair escolhe CSeries ou E2 em 2016



A Luxair comprou um Boeing 737-800 à Air Berlin e decidirá a substituição de um 737-700 no próximo ano, com um Embraer E190-E2 ou um Bombardier CSeries CS100/CS300. No início de 2015, a Luxair operou uma frota regular de sete Bombardier Q400, seis Embraer ERJ-145, dois 737-700 e três 737-800, embora estes últimos sejam sobretudo operados pela sua subsidiária de férias Luxair Tours. Desde então, retirou três ERJ-145 e comprou em Outubro o referido 737-800 à Air Berlin.

A transportadora de bandeira do Luxemburgo vai manter os 737-800, dado que estão dedicados ao seu operador de viagens de negócios e vai decidir sobre a substituição dos 737-700 em 2016, para entrega entre 2018-19 até 2025. “Em 2016, precisamos de avaliar qual será o próximo passo. Será provavelmente algo como o E-190 ou um misto de CS100 e CS300 – cerca de cinco aviões – para substituir os dois 737-700 e um certo número de Q400 mais velhos”, disse Martin Isler, vice-presidente executivo do Grupo Luxair, à margem da assembleia-geral da Associação das Companhias Aéreas Regionais Europeias (ERA no acrónimo em inglês).

A Luxair também tem uma ordem de compra para três Q400, que estão a ser comprados para substituir os seus ERJ-145. Dois deverão ser entregues em Dezembro, seguidos por um terceiro em Maio. Como parte do negócio, tem duas opções que pode tomar em 2017. “Temos de nos ver livres dos ERJ-145 porque já não são eficientes. São muito pequenos e vão custar-nos 30 milhões de euros nos próximos cinco anos se continuamos a operá-los”, acrescentou o mesmo responsável. No entanto, a Luxair está actualmente com menos um Q400, na sequência de uma descolagem abortada no aeroporto alemão de Saarbrücken. O avião acabou de barriga no chão e não é claro se este Q400 construído em 2012 vai ser retirado. “Precisamos de substituir este avião para a época de Inverno; estamos em wet leasing, de momento”, disse Martin Isler, ao acrescentar que os três aviões que estão a chegar já foram alocados e as entregas não podem ser antecipadas.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica