Bem-vindo, !|Sair

Nova companhia de David Neeleman confirma encomenda de 60 A220-300

A nova companhia aérea norte-americana lançada no ano passado por David Neeleman, que é conhecida pelo nome ‘Moxy’, mas que o próprio empresário já disse não ser a denominação definitiva, confirmou a encomenda de 60 aviões Airbus A220-300 (ex-Bombardier CSeries 300).

O negócio foi fechado na última semana de dezembro, mas só revelado nesta quinta-feira, dia 3 de janeiro, tal como aconteceu com outro concluído com a companhia JetBlue (LINK notícia relacionada), igualmente fundada por David Neeleman, que a Airbus considera “um dos empresários mais inovadores da indústria” da aviação comercial. Com dupla nacionalidade norte-americana e brasileira, Neeleman foi também fundador da AZUL Linhas Aéreas Brasileiras e é sócio do consórcio ‘Atlantic Gateway’ que controla a TAP Air Portugal, após a privatização ocorrida em 2016.

Os projetos para a ‘Moxy’, que será uma companhia aérea de baixo custo, foram revelados no Salão Internacional de Aviação de Farnborough, na Inglaterra, em julho passado. “O A220-300 é o avião certo para uma nova companhia aérea que será focada no serviço de passageiros e satisfação”, disse Neeleman. “Com um baixo custo de operação e cabina espaçosa, o A220 permitir-nos-á oferecer aos passageiros tarifas mais baixas e uma experiência de voo confortável e de alta qualidade”, acrescentou.

“A ‘Moxy’ está voltada para o futuro, então não consigo pensar em uma aeronave melhor para colocar na sua frota do que a A220”, disse Christian Scherer, diretor comercial da Airbus. “Acreditamos que o A220 realmente é o futuro deste segmento do mercado, e os passageiros saberão, a partir do momento em que pisarem a bordo, que estão experimentando o melhor que nosso setor tem para oferecer.”

A nova empresa de transporte aéreo de Neeleman trabalhará em rede com outras companhias com as quais o empresário partilha interesses. JetBlue, Azul e TAP Air Portugal estarão interligadas, numa rede que potenciará o mercado norte-americano, quer nas ligações domésticas, quer para o Brasil e Portugal, disse o empresário recentemente ao ‘Newsavia’. No almoço de Natal da TAP, em Lisboa, no passado dia 13 de dezembro, David Neeleman, reafirmou-nos que a nova empresa aérea terá nome definitivo provavelmente em 2020, podendo estar a voar já no ano seguinte. Esta é a previsão que existe atualmente, e que está muito dependente dos prazos de entrega dos aviões, cuja aquisição foi agora confirmada.

 

  • Foto © AIRBUS/F. Lancelot/masterfilms

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica