Bem-vindo, !|Sair

Passageiros da Conviasa há cinco dias em Madrid esperando avião

Um grupo de cerca de 470 venezuelanos continua retido na cidade de Madrid (Espanha) a aguardar transporte aéreo para Caracas. São passageiros de dois voos da responsabilidade da companhia aérea estatal da Venezuela Conviasa, que não partiram nos passados dias 22 e 24 deste mês devido ao cancelamento dos voos, que seriam feitos com aviões Boeing 767-300ER da companhia italiana ‘Blue Panorama’.

A companhia venezuelana apenas informou que a sua congénere italiana, a quem estavam contratados os voos, avião e tripulação, tinha resolvido romper o contrato. Contudo, há quem especule que a retirada do avião italiano da rota se deve a problemas relacionados com pagamentos, o que não foi confirmado por qualquer das partes, nem tão-pouco referido o motivo que levou a ‘Blue Panorama’ a afastar-se da rota. Os passageiros foram colocados em dois hotéis da capital espanhola, e já começam a surgir diversos problemas, além do incómodo da espera que está a tornar-se demasiada. Há pessoas doentes, outras sem dinheiro, e ainda outras que simplesmente têm pressa em chegar aos seus trabalhos em Venezuela, pois já terminaram o seu período de férias.

Nesta manhã de sábado, dia 26 de Julho, funcionários da companhia venezuelana, em Espanha, comunicaram aos seus clientes que haverá amanhã, domingo, dia 27 de Julho, um voo especial de Madrid para Caracas, o que poderá aliviar cerca de 250 passageiros. Além dos 470 passageiros afectados em Madrid, outros tantos deverão estar também a aguardar transporte na capital venezuelana, dado tratar-se de um voo regular Caracas-Madrid-Caracas.

 

  • Avião Boeing 767-300ER da ‘Blue Panorama’, companhia italiana que nos últimos meses tem assegurado os voos da Conviasa para Madrid, Espanha, e para Buenos Aires, Argentina.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica