Phenom 100 destruído pelo fogo após derrapagem – Quatro ocupantes saíram ilesos

Um avião a jato executivo executivo Embraer 500 Phenom 100, matrícula PR-LMP, ardeu totalmente após uma derrapagem na pista de um aeródromo privado, em Igaratinga, na região de Itaúna, no Centro-Oeste do Estado de Minas Gerais, no Brasil. A bordo seguiam dois pilotos e um casal de passageiros, que sobreviveram ao acidente, que ocorreu pelas 18h00 locais da passada sexta-feira, dia 30 de outubro. O jato era procedente do Aeroporto de Congonhas, na cidade de São Paulo, sua última escala.

Foto © Corpo de Bombeiros.

Segundo relata o jornal ‘Estado de Minas’ o avião pousou no aeródromo privado da Fazenda São Pedro, que fica situado na divisa das cidades de Itaúna e Divinópolis, numa pista paralela à estrada estadual MG050, numa ocasião em que chovia muito. No momento em que tocou na pista de asfalto, que tem uma extensão de 1.300 metros, o aparelho derrapou, mantendo-se ainda sobre a pista algum tempo, ocasião em que os pilotos abriram as portas e, juntamente, com o casal de passageiros, pularam da aeronave, que seguiu em marcha lenta descontrolada para um barranco, caindo de cerca de 30 metros de altura, incendiando-se em seguida. O relato foi feito pelos sobreviventes a elementos do Corpo de Bombeiros que estiveram no local.

Os ocupantes da aeronave apresentavam leves escoriações que foram tratadas numa clínica da região, e onde fizeram alguns exames complementares. Tiveram alta na manhã deste sábado.

Imagem de arquivo do avião acidentado. Foto ©Leonardo Carvalho/Jetphotos.net.

O avião acidentado estava ao serviço da ‘Tracbel’, uma empresa de Minas Gerais revendedora de peças de máquinas pesadas e que é proprietária de uma destacada rede de lojas concessionárias da marca automobilística ‘Volvo’ (viaturas ligeiras e pesadas).

 

  • A foto de abertura foi reproduzida das redes sociais, onde a imagem circulou em diversas contas, sem mencionar o autor.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica