Bem-vindo, !|Sair

Piloto matou passageiro que tinha assassinado companheiro de viagem

IFA Training - 10 de Setembro - Curso de Tripulante de Cabine


 

Um piloto brasileiro que fazia o transporte de dois passageiros num avião ligeiro bimotor Piper PA-31, diz que se viu obrigado a matar um passageiro, após este ter assassinado o companheiro de viagem durante uma violenta discussão a bordo da pequena aeronave.

Trata-se de uma história ainda de contornos pouco claros, que foi divulgada nesta sexta-feira, dia 29 de junho, pela rede de notícias ‘Globo’. A polícia recebeu a versão do piloto que foi entregar-se às autoridades após um pouso de emergência num lago no Rio Jamanxim, em Itaituba, no sudoeste do Estado do Pará, no norte do Brasil, por volta das 17h00 locais de quinta-feira, dia 28 de junho. O piloto, “identificado como sendo Sergio Vanderlei Becker, foi preso, acusado de porte ilegal de armas e de munição”, diz a ‘Globo’, que acrescenta que “ele não foi acusado de homicídio porque os corpos ainda não foram encontrados”.

A aeronave, de prefixo PT-IIU, saiu de Guarantã do Norte, no Estado do Mato Grosso, com destino ao Apuí, no Estado do Amazonas. Em nota, a Polícia Civil disse que informações preliminares da Polícia Militar apontam que o avião estaria envolvido no transporte de drogas.

Segundo os dados entretanto apurados o aparelho, que foi fabricado em 1972 pertence a Marcelo Oliveira Silva e tinha a Inspeção Anual de Manutenção vencida desde o passado dia 30 de maio.

No depoimento que deixou na delegacia de Itaituba, o piloto afirmou que estava com dois passageiros a bordo e estes começaram a discutir. Um dos passageiros, então, matou a tiro o outro, ainda segundo o depoimento do piloto.  Na sequência, relatou o piloto à polícia, o atirador tentou jogar o corpo da vítima pela porta do avião em voo. O piloto reagiu, conseguiu desarmar o assassino e atirou no criminoso, que morreu.

O piloto disse à polícia, de acordo com o escrivão Paulo Farias, citado pela rede ‘Globo’, que matou o homem por medo de ser morto. Em seguida, pousou no distrito de Crepurizão, numa área de garimpo.

Os corpos dos dois presumíveis mortos não foram encontrados dentro do avião, que está parcialmente submerso, pelo que as autoridades policiais iniciaram na manhã deste sábado, dia 30, buscas no lago com o auxílio de mergulhadores forenses.

 

  • Foto © Reprodução TV Liberal




Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica