Pilotos da FAP qualificam-se nos Estados Unidos da América

Dois pilotos-aviadores da Força Aérea Portuguesa (FAP) acabaram com distinção a primeira fase do curso avançado de pilotagem nos Estados Unidos da América, na Base Aérea de Laughlin, no Estado do Texas, anunciou nesta segunda-feira, dia 2 de março, a FAP.

O curso efetuado na aeronave T-38C é composto por duas etapas, a primeira, que agora terminou, consistiu na qualificação e adaptação a aeronaves de reação, e a segunda, denominada de “Introduction to Fighter Fundamentals”, pretende dotar os pilotos com os conceitos base para emprego tático de armamento nos mais diversos cenários atuais de combate.

Esta formação, tem como objetivo preparar os pilotos portugueses que futuramente irão integrar as esquadras de caças-bombardeiros F-16, na Base Aérea nº 5, em Monte Real.

Segundo informa a FAP os tenentes pilotos aviadores Dias e Lampreia, já se encontram na Base Aérea de Randolph, a frequentar a segunda fase do referido curso, que está previsto terminar no final do mês de abril. De acordo com os seus formadores, “ambos têm desempenhado a missão com muita dedicação, rigor, e profissionalismo, contribuindo desta forma para o mérito e prestígio das Forças Armadas Portuguesas nos Estados Unidos da América”, realça a FAP.

Estes cursos resultam de um acordo de cooperação bilateral entre a Força Aérea Portuguesa e a sua congénere norte-americana, sendo que o próximo, a iniciar ainda este ano, terá uma participação de quatro pilotos portugueses, adianta o comunicado distribuída pela FAP.

 

  • Foto © FAP – Força Aérea Portuguesa

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica