Polícia Federal do Brasil recebe dois Embraer E175 revistos e pintados em Portugal

A Polícia Federal do Brasil assinalou nesta quarta-feira, dia 8 de dezembro, a chegada do primeiro de dois jatos Embraer E175, configurados para transporte de passageiros, que começará a operar em breve no país. O segundo jato, também do modelo E175, deverá ser entregue à Polícia Federal em 2022. A cerimónia oficial de entrega da aeronave decorreu no hangar da Coordenação de Aviação (CAV), em Brasília.

“A introdução do E175, um jato moderno e eficiente, permitirá ampliar ainda mais o escopo das nossas principais missões, como a deslocação de agentes para operações de combate ao crime organizado, transferência de detentos, movimentação de equipamentos e cargas”, disse o Diretor-Geral da Polícia Federal, Paulo Gustavo Maiurino.

A parceria entre Embraer e Polícia Federal tem mais de 15 anos, desde a entrada em operação de dois jatos ERJ 145 a partir de 2006, ambos ainda em operação na Polícia Federal. Assim como as aeronaves atuais, o E175, poderá servir também em apoio às demais forças de segurança do Brasil, sendo um ativo que incrementa não apenas as operações da Polícia Federal, mas de toda a esfera de segurança pública do Governo Federal.

“Estamos orgulhosos com a escolha da Polícia Federal de operar o jato E175, que será a maior aeronave no país utilizada no âmbito da segurança pública, garantindo mais capacidade no transporte de passageiros, cargas, além de aumentar o alcance de voo, o que amplia o leque de missões que a Polícia Federal poderá realizar”, disse Jackson Schneider, presidente e diretor-geral da Embraer Defesa e Segurança.

Por se tratar de uma aeronave que operou previamente no Reino Unido antes de ser entregue à Polícia Federal, o E175 passou por inúmeras adequações nas oficinas da OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal S. A., uma empresa do Grupo Embraer, onde recebeu toda manutenção para retorno à operação, atualização para cumprimento dos requisitos operacionais do Brasil, além de uma nova pintura.

Fotos © Embraer.

O avião chegou ao Brasil na noite do passado domingo, dia 5 de dezembro. Ainda com matrícula de conveniência (2-RLBZ), neste caso de Guernsey (Ilhas do Canal, Reino Unido), o aparelho descolou de Alverca do Ribatejo, nos arredores de Lisboa, tendo feito escalas na Ilha do Sal (Cabo Verde) e em Natal (Rio Grande do Norte) no Nordeste do Brasil.

A aeronave, que foi entregue nesta quarta-feira, dia 8, assumirá o registo nacional PS-CAV. A segunda, do mesmo tipo, que está ainda em manutenção na OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal S. A., terá o registo PS-DPF, e chegará no início do próximo ano, segundo informa o site brasileiro ‘Cavok – Asas da Informação’.

 

O Embraer E175 da Polícia Federal do Brasil fotografado num caminho de circulação do aeroporto de Alverca do Ribatejo, Portugal, antes da partida para o Brasil. (Foto CAVOK/© Gustavo H. Braga).

Adianta ainda o ‘Cavok’ que as duas aeronaves voaram ao serviço da empresa britânica Flybe, desde a sua entrega inicial, em 2012, até ao encerramento da companhia aérea em 2020. O primeiro dos dois Embraer E175, que foi entregue agora à Polícia Federal, estava armazenada na OGMA, em Alverca do Ribatejo desde agosto de 2020.

 

 

1 Comments

  1. Avatar

    Certamente não na OTA, mas em Alverca.

Responder a David Pereira Cancelar resposta

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica