Pratt & Whitney revela nova opção de motor para a CSeries


A Pratt & Whitney vai produzir uma nova versão de elevada potência de impulso do motor PW1500G para a família de aviões Bombardier CSeries nos próximos dois ou três meses. O novo PW1525G será a quarta opção de motor para o CS100 e a terceira opção disponível para o CS300. A P&W está a desenvolver esta nova versão para oferecer mais 5% de potência de impulso quando o avião está a voar quase em Mach 0.1 e com o máximo rating de potência contínua em voo. Em posição estática, quando o avião não está em movimento, o PW1525G irá gerar a mesma potência do que o PW1524G, que está classificado para fornecer até 23.300 libras de impulso. A potência adicional não requer mudanças de hardware no motor. “Temos uma certa margem de design que encontrámos no motor”, revelou à “Flightglobal”, Graham Webb, vice-presidente para a série de motores PW1000G. Só que levar o motor a um rating superior vai expor os componentes a elevadas temperaturas e os custos de manutenção vão aumentar, confirmou Webb.

O novo update de software para a frota de motores PW1500G está previsto para ser lançado em Setembro ou Outubro, dependendo da aprovação da Transport Canada. A opção PW1525G permitirá aos operadores de aviões CSeries transportar mais peso de passageiros e carga, um maior raio de alcance ou uma combinação dos dois. O anúncio foi feito apenas dois meses depois da Bombardier ter anunciado um aumento de 5% no alcance máximo do CS100 e do CS300, para 3100 NM (5741 km) e 3300 NM, respectivamente. O CS100 com capacidade para 108 lugares está a entrar nos últimos cinco meses de uma fase alargada de 2 anos e meio de testes de voo, com entrega prevista ao operador de lançamento, a Swiss International Air Lines, previsto para o início do próximo ano.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica