Bem-vindo, !|Sair

Presidente da Conviasa anuncia vários voos internacionais à partida de Venezuela

A companhia aérea venezuelana Conviasa, propriedade do Governo, vai voar até final deste ano para seis destinos internacionais, anunciou o presidente da empresa, Ramón Celestino Velásquez, em entrevista à Agência Venezuelana de Notícias.

Valásquez falava na passada sexta-feira, dia 12 de outubro, véspera da retoma do voo Caracas-Aruba. Além desta ligação, e das duas que a companhia já realiza para Cuba e para o Equador, o presidente da empresa aponta como futuros destinos internacionais a Bolívia, a Nicarágua e a Cidade do Panamá.

O presidente do ‘Consorcio Venezolano de Industrias Aeronáuticas y Servicio Aéreos S. A.’ (Conviasa), disse à agência estatal de notícias que a retoma do voo para Aruba (Antilhas Holandesas) marca a recuperação das rotas internacionais da companhia aérea que tem presentemente ao seu serviço 15 aviões Embraer 190.

Ramón Celestino Velásquez informou que têm estado em Caracas, em permanência, duas comissões técnicas, uma da Embraer e outra da Airbus, que estão a avaliar as condições da frota da Conviasa para poder funcionar a cem por cento.

Indo mais além nas suas intenções, o responsável pela companhia nacional de Venezuela afirmou que a Conviasa pretende aterrar proximamente na Argentina, Chile, Peru e Brasil, países para onde já voou antes da crise que afecta a Venezuela, com maior incidência nos últimos anos, com uma situação sócio-económica que muitos especialistas internacionais dizem ser insustentável.

As declarações de Velásquez surpreendem. No mínimo, por ter referido que os novos voos serão sustentados pelo movimento de turistas de diversos países estrangeiros que procuram a Venezuela para as suas férias… A verdade é que há pouca esperança entre os venezuelanos que a situação melhore e viabilize uma companhia aérea, mesmo estatal.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica