Bem-vindo, !|Sair

Presidente da GOL quer abrir dois a três voos regionais por ano

A GOL pretende abrir dois a três destinos regionais por ano, anunciou hoje, dia 4 de Novembro, o presidente executivo da companhia, Paulo Sérgio Kakinoff.

Neste momento é necessário manter algum segredo à volta das ambições dos responsáveis pela gestão da GOL quanto a novas rotas, pois como explicou Sérgio Kakinoff, “aguarda a definição do plano de aviação regional para a fase 2 de expansão a destinos regionais da companhia”.

Kakinoff disse que não poderia revelar quais os próximos destinos, por conta do período de silêncio pela proximidade da divulgação do balanço do terceiro trimestre, mas lembrou que neste ano a companhia já incluiu cinco novos destinos, entre os quais Carajás, Altamira, Caldas Novas e Bonito.

Os aviões da GOL voam presentemente para 69 destinos, sendo 15 internacionais. “Nos destinos nacionais, mais da metade já é regional”, disse Kakinoff, comentando que a GOL é a companhia aérea que mais transporta passageiros em voos regionais.

Questionado sobre a frota da Gol, Kakinoff salientou que a atual frota, formada apenas de aeronaves da Boeing, “tem uma base de custo interessante” e indicou que a estrutura da companhia prevê manter a sua frota padronizada. Em sua opinião a companhia só mudará a sua estrutura e mudará a frota se houver mercado com receita muito superior da que a companhia estudou até agora.

Meses atrás, a companhia admitiu que avaliava a possibilidade de adquirir aeronaves da Embraer, recorda hoje a imprensa brasileira que relembra que “os aviões da fabricante brasileira seriam uma opção para a renovação de parte de seus Boeings 737-700 a partir de 2018-2019”.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica