Bem-vindo, !|Sair

‘Relíquia’ da aviação comercial da Colômbia arde após queda – Três tripulantes salvos

Um avião de passageiros Douglas C-47/DC-3 ao serviço da companhia colombiana Aerolíneas Llaneras (Arall) caiu na manhã desta quinta-feira, dia 7 de abril, nas proximidade de Puerto Gaitán, no departamento de Meta, na Colômbia, noticiou a imprensa nacional. Não se registaram vítimas fatais, mas infelizmente há notícia da perda total do avião, uma autêntica ‘relíquia’ da aviação, que transportava passageiros desde há 74 anos.

A bordo da aeronave seguiam três tripulantes que sobreviveram à queda do aparelho, matrícula HK-2663. O desastre provocou um incêndio que consumiu mais de metade da frente do avião, considerado uma relíquia da aviação comercial da Colômbia.

Segundo a Aeronáutica Civil deste país latino-americano os três ocupantes encontram-se bem, depois de assistidos em instituições hospitalares. Foram identificados como sendo o comandante Jaime Carrilli, a co-piloto Liliana Nieto e o técnico de voo Iván Muñoz. Encontram-se livres de perigo.

O avião terá caído por circunstâncias que se desconhecem, para já, cerca das 06h25 locais, pouco tempo depois de levantar voo do aeródromo municipal de Puerto Gaitán com destino à cidade de Villavicencio, onde regressava vazio depois de ter desembarcado 14 pessoas que foram ao departamento (divisão administrativa que corresponde a província) de Meta, participar num evento público convocado pelo Presidente da República José Manuel dos Santos.

ARALL DC-3 Aviacol_net 900px

O avião DC-3 das Aerolíneas Llaneras da Colômbia que ficou destruído após queda à saída do Aeroporto de Puerto Gaitán. Foto: www.avialco.net

Notícias mais recentes, obtidas através de pessoas que teráo falado com os tripulantes que seguiam a bordo od avião, indicam que o aparelho terá tido uma avaria num motor, pelo que foi tentado um pouso de emergência numa zona com poucas árvores. Contudo o choque com o terreno irregular terá provocado tal impacto que deflagrou o incêndio.

Este DC-3 pertencia a um grupo restrito de aeronaves deste modelo que ainda voam regularmente nalgumas companhias da Colômbia, lideradas por velhos aviadores, e que servem núcleos populacionais que vivem em zonas recônditas do interior montanhoso do país.

O avião acidentado é um C-47A-60-DL , com o número de série de fábrica 10210, tendo sido construído em 1942, portanto com a idade de serviço de 74 anos. Operava com base no Aeroporto Vanguardia de Villavicencio.

Antes esteve ao serviço das companhias colombianas Líneas Aéreas Suramericanas, Aerolíneas El Dorado e Aerovanguardia.

O único incidente que tinha sofrido está registado em 2004, também no aeródromo municipal de Puerto Gaitán, mas sem registo de feridos ou vítimas mortais.

 

 

  • Foto da autoria de William Alvarez, dispensada à Imprensa pela corporação de bombeiros de Puerto Gaitán

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica