Roménia compra mais cinco F-16 à Força Aérea Portuguesa

A Roménia pretende adquirir mais cinco aviões caça F-16 da Lockheed Martin à Força Aérea Portuguesa e modernizar os 12 aparelhos do mesmo tipo que já se encontram na sua frota, anunciou nesta terça-feira, dia 3 de dezembro, a revista ‘Flight Global’, na sua edição digital.

A autorização para a aquisição já foi dada pelo Governo da Roménia, no passado dia 28 de novembro. Agora necessita ser ratificada pelo Parlamento, o que deverá acontecer nas próximas semanas. Os primeiros quatro aparelhos deverão chegar a Bucareste em 2020 e o quinto tem data prevista para 2021.

Segundo refere o ‘Flight Global’ as cinco novas aeronaves da Força Aérea Romena terão a mesma configuração M.5.2R que os 12 aparelhos F-16 já existentes na frota. Contudo, notícias confirmadas pela revista dizem que o Ministério da Defesa romeno pretende que todos os 17 caças sejam elevados a um novo padrão chamado M.6.X.

Além disso, este novo contrato aumentará o conhecimento técnico da Força Aérea Romena, diz o Ministério da Defesa, incluindo a capacidade de inspecionar e reparar o motor ‘Pratt & Whitney F100’ do F-16 e modernizar a plataforma.

Em 2013, a Roménia fechou negócio com o Governo Português para aquisição de 12 aviões F-16. O primeiro lote se seis aeronaves das 12 – nove monolugares do modelo A e três monolugares da variante B – foram entregues em 2016.

Além dos F-16, adquiridos e a adquirir à Força Aérea Portuguesa, a aviação militar romena opera 17 caças Mikoyan MiG-21 com idade média de 44,2 anos.

No início deste ano, Bucareste indicou que pretendia ter uma frota total de 36 aparelhos F-16 para substituir os seus MiG-21 com idade bastante avançada. Por isso estava no mercado à procura de mais aviões deste modelo.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica