Bem-vindo, !|Sair

Ryanair lança Business Plus e assume próxima parceria com um GDS

A Ryanair lançou hoje, dia 27 de Agosto, a sua Business Plus, que o seu responsável de Marketing, Kenny Jacobs, afirma irá propiciar “grandes poupanças às empresas de todos as dimensões”.

A ‘ofensiva’ da Ryanair no chamado mercado corporate, das viagens profissionais e de negócios compradas por empresas, começou pela ‘perestroika’ da sua política comercial, pela qual derrubou ‘o muro’ que erigira contra as vendas pelas agências de viagens, mas faltava-lhe um produto mais adaptado aos requisitos dessas viagens, designadamente flexibilidade nas alterações de datas, que são muito mais frequentes que nas viagens de lazer.

A Business Plus, lançada hoje, é mais um passo para a captação desse mercado, que se considera mais rentável que o das viagens de lazer, e que a Ryanair diz já representar 25% dos seus passageiros.

Com embarque prioritário, lugares ‘premium’ nos aviões, flexibilidade em alterações de passagens, transporte gratuito de um volume de bagagem até 20 kg e utilização dos fast tracks dos aeroportos, a Business Plus está a ser anunciada no website da low cost “desde 69,99 euros”.

Ao anunciar o novo produto, e para “complementar o seu serviço dedicado ao corporate e grupos”, a Ryanair diz que vai anunciar uma segunda parceria com um GDS, como o seu CEO, Michael O’Leary, havia avançado ao portal de notícias português ‘PressTUR’ em Junho, em Lisboa.

A low cost tem desde Março uma parceria com os GDS da Travelport para vender os seus voos através das agências de viagens, e, como disse O’Leary, o objectivo é “expandir a visibilidade que temos nos GDS, pelo que estamos a discutir com o Amadeus, e também com o Sabre, e esperamos chegar a acordos com esses dois GDS antes do fim do ano”.

“As empresas estão a ficar mais inteligentes com as suas viagens e mais de 25% dos nossos clientes já viajam em negócios”, argumenta Kenny Jacobs na declaração citada no comunicado em que a Ryanair anuncia a nova Business Plus, enfatizando que a transportadora tem mais “rotas de negócios, ligando as principais cidades da Europa com mais voos e melhores horários”.

A Business Plus integra a estratégia que a Ryanair divulgou em Março passado em Londres e que designou ‘Always Getting Better’, da qual resultou a introdução de lugares marcados nos aviões, transporte gratuito de uma segunda bagagem de mão, um produto dedicado a famílias, um novo website e uma nova aplicação para dispositivos móveis.

A Ryanair transportou de e para Lisboa entre Janeiro e Julho 465 mil passageiros, período em que no ano passado ainda não operava no aeroporto da capital portuguesa. Em Faro está com uma quebra do número de passageiros transportados nos primeiros sete meses do ano em 56,8 mil ou 5,5%, para 971,1 mil. No Porto, a Ryanair transportou entre Janeiro e Julho, 1,412 milhões de passageiros, mais 4,7% ou mais 62,8 mil que no período homólogo do ano passado.

Na totalidade da sua rede, a Ryanair somou 47,6 milhões de passageiros nos primeiros sete meses deste ano, +3,5% ou mais 1,6 milhões que no período homólogo de 2013.

  • Matéria publicada no portal de notícias de turismo e viagens ‘PressTUR’, parceiro editorial do ‘NewsAvia’ em Portugal

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica