Saab 2000 sai de pista no Alasca e fica junto ao mar – Um morto e 11 feridos

Um avião bimotor turboélice Saab 2000 da companhia norte-americana Peninsula Airways (PenAir) que fazia um voo de Anchorage para Dutch Harbour/Unalaska, nas ilhas Aleutas, no Alasca (EUA), saiu de pista na aterragem, tendo se imobilizado numa rocha junto ao mar. Há a lamentar a morte de um passageiro.

O acidente ocorreu na quinta-feira, dia 17 de outubro, ao fim da tarde, e provocou além do morto, mais 11 feridos, um dos quais ficou hospitalizado.

A bordo seguia uma equipa de natação de uma escola do distrito de Cordova City e alguns apoiantes, num total de 42 pessoas (39 passageiros e três tripulantes).

A companhia aérea confirmou o acidente e em comunicado distribuído na tarde desta sexta-feira, dia 18 de outubro, lamentou a morte do passageiro e apresentou condolências à família.

O NTSB (National Transportation Safety Board) organismo que investiga os acidentes aéreos nos EUA já nomeou uma comissão de inquérito para apurar as causas do desastre.

Testemunhas disseram à agência de notícias norte-americana ‘Associated Press’ que o avião saiu cerca de 150 metros da área da pista tendo ficado com a parte dianteira muito próximo da água.

A PenAir tem uma frota de cinco aparelhos Saab 2000 e pertence a um investidor norte-americano do Alasca. Realiza voos charters e algumas ligações feeder para a companhia Alaska Airlines, para aeroportos secundários e em rotas de menor intensidade de tráfego.

 

  • Notícia atualizada às 18h15 UTC de sexta-feira, dia 18 de outubro de 2019

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica