SAS interrompe a maioria dos seus voos e suspende 10.000 colaboradores

A SAS – Scandinavian Airlines, companhia aérea de bandeira de três países escandinavos – Dinamarca, Noruega e Suécia – anunciou neste domingo, dia 15 de março, que vai cancelar a maioria dos voos programados, a partir da próxima segunda-feira, dia 16, o que implica a suspensão temporária de cerca de 10.000 colaboradores, equivalente a 90 por cento da sua força laboral.

“Face ao surto da pandemia do novo coronavírus/Covid-19 e às medidas adotadas pelas autoridades em diversos países, a procura por viagens aéreas internacionais é praticamente inexistente”, diz um comunicado da companhia aérea que justifica a tomada d e decisão, “até que haja novamente condições para prosseguir o negócio da aviação comercial.

A SAS diz que manterá, nos próximos dias, o tráfego possível, nomeadamente voos de retorno de diversos países, permitindo dessa forma o regresso dos seus clientes aos países de residência.

A companhia diz estar disponível para levar para casa cidadãos retidos ou manter serviços essenciais de acesso a zonas menos servidas por transportes, garantindo acessibilidades, na medida do possível.

As reduções de pessoal serão implementadas em todas as partes da operação, de acordo com os regulamentos nacionais.

A SAS está executando essas medidas com o objetivo de retornar à operação normal o mais rápido possível.

 

  • Mais notícias sobre a pandemia do Novo Coronavírus/Covid-19 – LINK

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica