Bem-vindo, !|Sair

Sistema GCAS ‘salva’ pela primeira vez um F-16 na Síria

Passatempo - Quinta das Arcas

Um F-16 norte-americano que tomava parte nas operações de combate às forças do denominado Estado Islâmico (ISIS), na Síria, tornou-se no primeiro caça ‘salvo’ de se despenhar pelo sistema Ground Collision Avoidance System (GCAS), revela o site da Aerospace Daily & Defense Report. Embora sem citar fontes ou fornecer mais detalhes sobre o acontecimento, a notícia refere que o incidente ocorreu com um F-16 da US Air Force (USAF), a operar a partir da Jordânia, durante um ataque à superfície, no passado dia 10 de Novembro de 2014.

O Auto GCAS, desenvolvido pela empresa da Lockheed Martin, Skunk Works; o Laboratório de Pesquisa da Força Aérea (AFRL, no acrónimo inglês) e a NASA, só foi integrado muito recentemente nos aviões F-16 Block 40/50 da USAF. A instalação do sistema teve lugar em Setembro de 2014, como parte do update de software do último Operational Flight Program (OPF) M6.2+. Este sistema protege o piloto, tomando temporariamente o controlo do aparelho e executando uma manobra automática de recuperação, quando detecta que um impacte com o terreno é iminente. O sistema compara constantemente a trajectória do F-16 com o perfil do terreno gerado pelo Digital Terrain Elevation Data (DTED) a bordo. Detecta uma ameaça e age em conformidade. Se o piloto não agir, o sistema assume o controlo e executa um roll-to-upright (subida à vertical) brusco, seguido por uma puxada de 5G até assegurar um afastamento do terreno.

De acordo com a Força Aérea americana, 26% das perdas de aviões e 75% do total de fatalidades em F-16 são causadas por acidentes deste tipo. Mais de 440 dos últimos 631 caças F-16 construídos já foram equipados com o Auto GCAS. A maioria dos aparelhos restantes aguarda pelo retrofit na Base da Força Aérea de Luke, no Estado do Arizona. Com base no histórico de acidentes, a USAF prevê que o Auto GCAS tem potencial para salvar 10 vidas, cerca de 14 aviões e 530 milhões de dólares, até ao final do tempo de serviço da frota de F-16 americanos.

1 Comments

  1. E o sistema do Piper? BRS Parachute… não serve para aviões a jacto? nâo dá para criar algo para esses aviões? Ou mesmo os comerciais…? Um Boeing 777 poderia disparar uns 7 ou 8 BRS espalhados pela fuselagem em situação de emergência???

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica