Bem-vindo, !|Sair

Skyüber a aplicação que ajuda os pilotos a voar é já um sucesso na Europa

 

Como funciona o Skyüber?

A Skyüber é uma plataforma ou um “serviço de reservas” que quer pôr pilotos a partilhar os lugares vazios nos seus aviões, frisa o co-fundador, Carlos Oliveira, em declarações ao “Público”. O outro fundador é João Paulo Girbal, antigo director da Microsoft Portugal e sócio de uma escola de aviação. A nova empresa tem como alvo as pessoas que precisem de fazer voos curtos, bem como os curiosos da aviação e quem queira viver a experiência de estar ao lado de um piloto de avião. E serve ainda para pilotos que se queiram encontrar para voarem juntos. “É uma oportunidade para democratizar os céus. É para os entusiastas e para as outras pessoas, que podem ter acesso a algo que lhes estava vedado”, acrescenta.

O sistema de partilha de custos permite ao piloto cobrar pelo combustível, pelo óleo, por eventuais taxas de descolagem e aterragem nos aeródromos e, se for caso disso, também pelo aluguer do avião. “O que a Skyüber quer é ter a maior frota do mundo de aviões sem ser dona desses aviões”, resume Carlos Oliveira.

Na Skyüber, os voos não devem ser feitos com fins lucrativos, dado que os regulamentos aéreos não permitem que os aviões privados cobrem pelo transporte, mas uma directiva europeia veio abrir as portas para que os pilotos possam partilhar custos. Por exemplo, um voo entre Benavente (a 60 quilómetros de Lisboa) e Braga dura, aproximadamente, 1h20, por um custo de 35 euros ida e volta!

Os pilotos podem planear e colocar os seus seus voos à disposição na plataforma. Na aplicação é possível classificar os pilotos, numa escala que vai de uma a cinco estrelas. Mas este também pode classificar os passageiros ou podem mesmo recusar fazer o voo a qualquer momento e sem ser necessária uma justificação.

Neste caso, nada é cobrado. O negócio da Skyüber é simples: a empresa fica com 20% (mais IVA) do valor que entrega aos pilotos. Entre pilotos e passageiros, a plataforma tinha no final de Junho, cerca de 1.000 pessoas inscritas. A aplicação, que já está a ser considerada uma ‘Best New App’ pela Apple, no Reino Unido e na Irlanda, estará disponível em todo o mundo (inicialmente, apenas para o sistema iOS da Apple). Apesar do nome, a empresa não tem qualquer relação com a Uber, cuja aplicação permite chamar um carro com motorista. Também não quer ser uma versão low cost das empresas que alugam jatos executivos.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica