TAP já garantiu crédito de até três mil milhões de euros, noticia o ‘Expresso’

A TAP pediu ao Estado Português uma garantia para um empréstimo de 350 milhões de euros, quantia que considera necessária para fazer face à pandemia de covid-19, mas já tem instituições bancárias disponíveis para a financiarem até um montante de 3 mil milhões de euros, desde que haja garantia do Estado, noticiou na tarde desta segunda-feira, dia 27 de abril, o jornal ‘Expresso’.

Escreve o jornal português, na sua edição digital:

“O futuro da TAP está neste momento nas mãos do Estado português e esta bem poderá ser a semana-chave para a companhia aérea, que aguarda uma decisão do governo sobre o pedido que lhe fez há cerca de 40 dias: uma garantia de Estado que lhe permita ir buscar os 350 milhões de euros que considera necessários para enfrentar os pesados impactos da pandemia de covid-19 na sua atividade.”

A companhia aérea, apurou o ‘Expresso’ junto de fontes ligadas a este processo, “já garantiu disponibilidades de financiamento muito acima desse valor, à volta de 3.000 milhões de euros. Ou seja, precisa, para já, de 350 milhões de euros mas na realidade já garantiu à volta de 3.000 milhões de euros de manifestações de disponibilidade de empréstimo da parte de bancos e fundos internacionais, não só chineses como também europeus”.

O artigo está disponível para os assinantes do jornal.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica