TUI regressa às ilhas de Cabo Verde com voos de Amesterdão/Schiphol

A TUI fly, operadora aérea do maior grupo de turismo e viagens da Europa, retomou nesta sexta-feira, dia 16 de abril, os voos dos Países Baixos para a República de Cabo Verde, nomeadamente para as ilhas de São Vicente e de Santiago.

O Boeing 737-800 da TUI, com capacidade para 180 passageiros, partiu de Amesterdão/Schiphol, tendo feito uma primeira escala na ilha de São Vicente. Voou depois para a Cidade da Praia, na ilha de Santiago, onde chegou ao princípio da tarde. Pernoitou na capital de Cabo Verde, tendo regressado no dia seguinte, sábado, dia 17, novamente com escala em São Vicente, de onde partiu para Amesterdão/Schiphol. Um voo triangular que será feito, em princípio, uma vez por semana, e que rapidamente irá se tornar bissemanal, segundo os promotores.

Este voo tinha sido suspenso há mais de um ano, na sequência da pandemia de covid-19. Trata-se de um linha importante para Cabo verde, não só para levar turistas para as ilhas do arquipélago africano, onde a TUI explora alguns empreendimentos turístico-hoteleiros (resorts), como também para os cabo-verdianos, já que vivem e trabalham nos Países Baixos alguns milhares de naturais das ilhas.

Francisco Martins, diretor-geral do Turismo e Transportes de Cabo verde, em declarações à agência nacional de notícias ‘Inforpress’, disse que os voos serviam também de “elo de ligação” com a grande comunidade cabo-verdiana radicada neste país europeu.

O responsável pelo turismo nacional destacou a procura cada vez “mais acentuada” por Cabo Verde, nos últimos anos, nomeadamente pelas ilhas do norte, mas também por Santiago, no sul, o que justifica mais esta retoma. No passado dia 26 de março, a Luxair já tinha retomado os voos do Luxemburgo para o Sal, com duas frequências semanais. Mais um país europeu, onde existe uma assinalável comunidade cabo-verdiana e interesse turístico, especialmente por parte dos luxemburgueses que fazem férias de praia.

Cabo Verde, sublinhou Francisco Martins, continua a ser um País com bastante procura, sobretudo por cidadãos europeus que reconhecem o “bom trabalho” feito por Cabo Verde em termos de segurança sanitária, “proporcionando a retoma das operações de uma forma segura”.

A TUI fly pretende realizar dois voos semanais, de abril a junho, com partidas de Amesterdão, às segundas e sextas-feiras, e da Cidade da Praia (Santiago) e do Mindelo (São Vicente) às terças e sábados e com preços a partir de 399 euros, ida e volta, segundo as tarifas publicadas pela companhia aérea.

 

  • O avião da TUI ficou uma noite no Aeroporto Nelson Mandela/Praia, na ilha de Santiago, antes de retomar a viagem de regresso a Amesterdão, com escala no Aeroporto Cesária Évora/Mindelo, na ilha de São Vicente. Foto © Carlos Freiras

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica