Bem-vindo, !|Sair

Turkish Airlines quer abrir neste ano uma nova rota para Maputo (Moçambique)

Passatempo VilaGalé - NewsAvia

A companhia aérea turca Turkish Airlines que voa para Lisboa (Portugal) e para São Paulo (Brasil), no espaço dos países de língua oficial portuguesa, anunciou que vai abrir este ano mais duas rotas para aeroportos de países da CPLP: Porto, no Norte de Portugal, e Maputo, em Moçambique, na costa africana do Índico.

A abertura da nova linha para Moçambique consta de uma recomendação divulgada no final do ano passado pelo Conselho de Administração da companhia turca, que considera importante a abertura dessa rota, nomeadamente por contemplar um país que está a registar um assinalável acréscimo na sua actividade económica, potenciada sobretudo pelas actividades de extracção mineira e agrícola.

No que se refere a Angola, o anunciado voo para Luanda, já sujeito a dois adiamentos por motivos ditos de estratégia comercial, continua sem data marcada para o seu início.

No Brasil a companhia poderá reforçar em breve as suas operações, mas tudo depende de uma nova análise que está a ser feita sobre o mercado brasileiro que poderá contemplar voos para o Rio de Janeiro. Contudo nada decidido, segundo os nossos informadores.

 

Em 2014 a Turkish duplicou o seu lucro para 650 milhões de euros

 

Entretanto, a Turkish Airlines anunciou hoje, dia 25 de Fevereiro, que em 2014 duplicou os lucros em relação ao ano anterior e que os resultados líquidos atingiram 650 milhões de euros.

Os resultados operacionais tiveram um aumento de 10% para 486 milhões de euros, enquanto as receitas por venda de bilhetes subiram 29% para 8.600 milhões de euros, indicou a empresa em comunicado.

A capacidade de transporte da Turkish Airlines cresceu 16% e a empresa detém agora 1,8% do negócio mundial de transporte aéreo.

Em 2014, a Turkish Airlines, uma empresa com participação do Estado, transportou 54,7 milhões de passageiros, um aumento de 13,3% em relação ao ano anterior.

A companhia voa para 273 destinos em todo o mundo e até ao fim de 2015 prevê sete novos destinos internacionais.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica