Bem-vindo, !|Sair

Ultra-leve eléctrico chinês recebeu certificação: 40 min de voo por 0,80 centimos !

Com o nome de código RX1E, esta aeronave  é a primeira que foi desenhada e construída na China, onde o fabricante detém todas as suas patentes.

De acordo com a publicação ‘People’s Daily Overseas’, o avião passou uma bateria rigorosíssima de testes no Aeroporto de Liaoning, onde recebeu, no passado dia 16 de Outubro o seu certificado de ‘airworthiness’ passado pela autoridade de aviação civil chinesa.
Não emite gases poluentes, praticamente não faz ruído e de acordo com o jornal é de fácil controlo. Foi idealizado de modo a cumprir com os parâmetros do programa de desenvolvimento sustentável do ambiente, actualmente em marcha na China.

 

De acordo com o fabricante necessita de uma hora de carga, cerca de 10 Kw, para voar 40 minutos com um custo de 5 Yuans, o equivalente a 60 cêntimos de euro ou seja cerca de 80 cêntimos de dólares. Fabricado em Shenyang, capital da província de Liaoning, este ultra-leve usa uma bateria de lítio de última geração para armazenar a carga eléctrica.

A imprensa chinesa identifica esta aeronave como a primeira eléctrica, contudo é a segunda pois o E430 já voava 4 anos antes. Trata-se de um modelo muito parecido com o RX1E, com uma cauda em V, embora sempre muito limitado pela falta de potência do motor, devido à tecnologia existente.

Depois de vários voos do protótipo Yuneec E430, acabou por ser o  ultra-leve fabricado pelo instituto chinês de aviação Liaoning General, que obteve esta semana a primeira “licença” para operar nos ceús chineses.

A voar desde 7 de Junho de 2013 o RX1E ultra-leve tipo cantilever, de asa alta, cabina de duas pessoas, configuração lado a lado, é totalmente construído em material compósito e chega a alcançar as 90 milhas por hora (150 km/h) e tem como tecto máximo os 3.000 metros.

Ultraleve chinês RX1E - Liaoning General em voo

O RX1E apresenta um motor modelo A37k154, totalmente chinês fabricado pela Sineton Electric, debitando 30Kw, cerca de 40 cavalos.

De acordo com a imprensa local as prestações anunciadas são animadoras e os voos realizados deixaram os futuros clientes, como escolas, empresas de voos lúdicos e governo, muito satisfeitos.

O RX1E necessita de 290 metros (930ft), para descolar com uma carga máxima na ordem de 480 quilogramas. Para pousar os valores anunciados são de 560 metros (1,792ft), o que julgamos ser a distância de aterragem sobre obstáculos.

 

 

Notícia relacionada que destacamos

E-Aircraft Airbus 24ABR2014

https://newsavia.com/airbus-mostra-voo-inaugural-do-prototipo-de-bimotor-electrico/

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica