Bem-vindo, !|Sair

Venezuela já explodiu 447 pistas ilegais e destruiu hoje mais um avião ligeiro

A Venezuela anunciou que desde 2005 até agora foram destruídas 447 pistas de aviação ilegais no país, em zonas fronteiriças dos Estados de Apure e de Zúlia.

A revelação foi feita hoje pelo general Alejandro Keleris Bucarito, presidente da Organização Nacional Antidrogas, que lidera o Plano Antidrogas, lançado pelo falecido Presidente Chávez há nove anos, com o apoio da Força Aérea Venezuelana e das corporações policiais.

De entre os sucessos da campanha o general destacou que foram entregues 115 criminosos procurados pela Interpol e apreendidos cerca de 62.867 quilogramas de diferentes drogas.

Numa entrevista dada hoje ao canal oficialista ‘Televen’, Alejandro Bucarito acusou a Colômbia de ser uma potência de produção de drogas, cujos intermediários utilizam território venezuelano para ilícitos criminosos, e denunciou ainda que os suspeitos envolvidos são, na sua maioria, norte-americanos e colombianos.

As revelações foram feitas no dia em que através da sua conta de Twitter o chefe do Comando Estratégico Operacional das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas, Vladimir Padrino López, anunciou que as FANB imobilizaram um “intruso aéreo tipo King 200”, a Sul do Estado Apure. Em declarações posteriores à estação de televisão o general Vladimir Padrino esclareceu que o avião foi controlado e seguido até uma pista clandestina, onde aterrou e foi depois destruído. Não falam sobre o piloto ou eventuais passageiros.

No passado dia 8 de Maio um outro avião ligeiro, tipo Piper 23, tinha sido imobilizado no Estado Zulia. A aeronave foi detectada pelo Sistema de Exploração de Defesa Aeroespacial Integral de Venezuela.

Este ano já foram imobilizadas, destruídas ou capturadas 12 aeronaves ligeiras. No ano passado esse número atingiu as 31 unidades.

 

  • Esta imagem acompanhou o twitte do general venezuelano e mostra destroços do ‘intruso aéreo King 200’ depois de ‘imobilizado’.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica