Vinci Airports anuncia conclusão do processo de aquisição de Londres/Gatwick

A Vinci Airports, dona da ANA Aeroportos de Portugal, anunciou nesta terça-feira, dia 14 de maio, que está concluído o processo de aquisição da maioria do capital (50,01%) do Aeroporto de Londres/Gatwick, no Reino Unido, um negócio que tinha sido anunciado em dezembro passado e que envolveu cerca de 3,22 mil milhões de euros.

A partir de agora o Grupo Vinci Airports é o segundo maior operador mundial de aeroportos, com mais de 240 milhões de passageiros por ano, dos quais 46 milhões em Londres/Gatwick, considerado o segundo maior aeroporto britânico, depois de Londres/Heathrow. No total o grupo gere 46 aeroportos em 12 países, sendo 10 em Portugal e um no Brasil (Salvador da Bahia).

Os 49,99 por cento restantes do capital da empresa concessionária do Aeroporto de Londres/Gatwick pertence ao fundo de investimentos em infraestruturas norte-americano Global Infrastructure Partners (GIP).

Um comunicado distribuído pela Vinci Airports esclarece que a equipa de gestão do aeroporto londrino vai manter-se em funções. Apenas será acrescentado um novo elemento, o francês Cédric Laurier, que exercerá funções de diretor técnico.

Aberto em 1958, o Aeroporto de Londres/Gatwick emprega diretamente 24.000 mil pessoas. Segundo o novo operador, o objectivo é atingir, em 2023, a cifra de 53 milhões de passageiros, mais sete milhões do que em 2018.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica