Bem-vindo, !|Sair

Vinci tem bom desempenho na América Latina – Brasil mantém crescimento

O tráfego de passageiros no Aeroporto de Salvador cresceu três por cento no terceiro trimestre deste ano, mantendo o ritmo positivo, apesar do contexto político local e da desvalorização do real, anunciou esta semana o Grupo Vinci Airports, que detém a concessão da estrutura aeroportuária da capital do Estado da Bahia, no Brasil.

Numa abordagem à atividade do grupo em países da América Latina, onde o grupo de raiz francesa tem concessões, a VINCI Airports admite queda no tráfego da Argentina, causada pela crise económica naquele país, também resultou em ajustes sazonais em agosto e setembro.

O Aeroporto Internacional Daniel Oduber Quiros, na Libéria, Costa Rica, recentemente integrado na rede VINCI Airports, registou um crescimento de 4,5%. Movimentou cerca de 890.000 passageiros desde o início do ano, confirmando o potencial de atração da Ciudad Blanca e da região de Guanacaste, que, servidas por vários voos diretos, são particularmente apreciadas por norte-americanos e canadianos. A Costa Rica vem fortalecendo a sua posição como o destino turístico mais popular da América Central há vários anos. Daniel Oduber Quiros é o segundo maior aeroporto internacional do país depois de San José.

No Chile, o tráfego no Aeroporto de Santiago aumentou 6,2% no terceiro trimestre de 2018, estimulado pelo crescimento do tráfego internacional relacionado principalmente com abertura de novas rotas para a América Latina (Peru, Paraguai e Brasil). A companhia aérea Emirates iniciou operações em julho com a importante rota Santiago-São Paulo/Guarulhos-Dubai, que agora liga o Chile à Ásia e ao Médio Oriente. Paralelamente, a companhia aérea de baixo custo JetSmart, de bandeira chilena, comemorou o seu primeiro ano de serviço e seu milionésimo passageiro, confirmando a solidez do mercado doméstico.

Na República Dominicana, o declínio do tráfego nos seis aeroportos operados pela VINCI Airports estabilizou em -0,4% no terceiro trimestre de 2018. Nos últimos três meses, onze novas rotas foram abertas para a América do Norte, Europa e outras ilhas das Caraíbas como parte de uma política de expansão dos serviços oferecidos. A transformação do Aeroporto de Las Americas de Santo Domingo (+ 1,4%) como um hub caribenho continuou com sucesso.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica