Bem-vindo, !|Sair

Voo TAP de ontem para Brasília só seguiu hoje de manhã. Voo de hoje sofre atraso de 12 horas

 

(Notícia actualizada às 12h00 (GMT), dadas algumas incorreções na que foi publicada às 10h02)

 

O voo TP59 da TAP Portugal de ontem, terça-feira, dia 17 de Junho, que partiu de Lisboa às 10h42 locais com destino a Brasília retornou ao aeroporto da capital portuguesa por motivos técnicos, tendo pousado às 17h58 locais. Os 203 passageiros que seguiam a bordo do aparelho (A330-200 CS-TOH) foram encaminhados para um hotel do Vimeiro, a cerca de 60 quilómetros de Lisboa, única opção possível de alojamento, já que os hotéis na cidade de Lisboa se encontravam lotados.

António Monteiro, director de Comunicação e Relações Públicas da TAP, disse esta manhã ao ‘NewsAvia’, que o comandante resolveu retornar a Lisboa, devido a ter surgido no cockpit um sinal de aviso de anomalia num dos motores da aeronave. A tripulação seguiu as normas vigentes na companhia, que devem ser cumpridas em casos semelhantes.

A aeronave encontrava-se sobre o mar, a meio caminho entre os continentes europeu e americano, e seguiria uma direcção sobre água. No retorno e em caso de ter de divergir para um aeroporto alternativo haveria mais hipóteses de escolha. Contudo a decisão pertence sempre ao comandante, de acordo com a gravidade do momento e as normas de segurança que devem ser seguidas. A decisão da tripulação só foi posta em causa por passageiros que em declarações a um canal de televisão nacional, em Lisboa, cometeram os naturais exageros de quem não conhece a situação ocorrida, provocando o ‘ruído’ que, infelizmente, acompanha as decisões de interromper um voo de passageiros por motivos de suposta avaria a bordo.

Esta avaria surge numa ocasião em que a companhia portuguesa tem sido muito penalizada com situações semelhantes em aviões da frota de longo curso e com a chegada tardia dos novos A330-200, como temos referido nos últimos dias.

O CS-TOM está agora sob a atenção dos técnicos da Manutenção & Engenharia da TAP, no Aeroporto de Lisboa, e nesta manhã de quarta-feira, dia 18 de Junho, outro avião A330-200 da TAP (CS-TOF) partiu de Lisboa pelas 09h41 locais com destino a Brasília, levando os passageiros que tinham retornado ontem a Lisboa.  A saída tardia deste voo arrasta para nova situação de atraso o TP59 que deveria seguir para Brasília às 09h50 de hoje, e que seria feito pelo mesmo avião de ontem que reportou a avaria, disse ao ‘NewsAvia’ António Monteiro, director de Comunicação e Relações Públicas da companhia portuguesa. O voo foi remarcado para as 21h00 de hoje.

Entretanto ontem, dia 18 de Junho, voltou ao serviço o Airbus A330-200 CS-TOJ que esteve retido alguns dias no Aeroporto de Belém, e fez o voo Lisboa-Newarlk (TP2573) com partida de Lisboa pelas 18h10. Por outro lado a TAP voltou a alugar um avião da companhia espanhola ‘Evelop Airlines’ (ex-Orbest), neste caso o A330-300 de matrícula portuguesa CS-TRH, que fez ontem e hoje o voo Lisboa-Recife-Lisboa. Nas duas últimas semanas este avião fez diversos voos para a TAP nas rotas do Nordeste Brasileiro.

António Monteiro disse ao ‘NewsAvia’ que a TAP continua a procurar gerir todos estes problemas com grande foco nos passageiros e no estrito cumprimento das normas de segurança da companhia, mas a verdade é que tem também sentido muitas dificuldades, sobretudo na contratação de aviões em regime ACMI, já que existe nesta época do ano muita procura, valorizada pela realização da Copa do Mundo, evento que ocupa muitos aviões de longo curso.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica