Bem-vindo, !|Sair

Windavia abre base operacional na Madeira e toma rotas que eram voadas pela SATA Internacional

O operador de voos charter Windavia anunciou hoje a abertura de uma base operacional na ilha da Madeira e a retoma das três rotas que nos últimos anos eram operadas pelo Airbus A320 da SATA Internacional baseado no Aeroporto Internacional da Madeira.
O comunicado da Windavia diz que a empresa vai passar a assegurar a histórica operação Madeira-Jersey-Madeira, após acordo firmado com o operador “Estrela Travel”, registada nas Ilhas do Canal, mas propriedade de portugueses. Com início no próximo dia 1 de Abril, os voos serão realizados à terça-feira durante todo o ano.
Entretanto no próximo dia 8 de Fevereiro a Windavia passará também a assegurar a rota entre a Madeira e a cidade de Paris, com dois voos semanais ao sábado e domingo, durante todo o ano e com reforço durante o Verão. Esta aposta de um conjunto de operadores franceses estará também disponível no GDS. A SATA Internacional realizava essa rota em code-share com a companhia francesa Aigle Azur.
Já no caso da Irlanda, a Windavia anuncia que acaba de firmar um acordo de representação com o GSA APG, iniciando no próximo dia 12 de Abril a ligação regular semanal entre a Madeira e Dublin, um voo que tinha sido cancelado pela SATA e que mereceu severos reparos de todo o sector hoteleiro na Região Autónoma, bem como das autoridades responsáveis pela promoção turística, que confirmaram essa decisão da companhia açoriana, durante o World Travel Market, em Londres, no passado mês de Novembro. As partidas da Madeira para Dublin irão decorrer ao domingo de manhã, sendo esta uma operação assegurada por uma “pool” de importantes operadores irlandeses.
“Com estes novos destinos, a Windavia entra na fase final de implantação da sua base no Funchal”, assinala o comunicado da companhia.

Novos aviões na frota da Windavia

Seguindo com o seu plano de crescimento, anunciado no passado dia 11 de Dezembro, a Windavia prepara-se para receber o seu segundo A320 no próximo dia 1 de Fevereiro, já em fase de pintura, a que se seguirá outro no dia 7 e o quarto no dia 15.
De acordo com Pedro Bollinger, CEO da Windavia, estas são boas notícias para o turismo português. “A maioria destas operações agora anunciadas são de “incoming”, dando um forte impulso ao crescimento do Turismo em Portugal e representando a entrada de milhões de euros na economia nacional”, destaca. Para este responsável, “a consolidação da base no Funchal passa também a servir as comunidades de emigrantes espalhadas pela Europa, ajudando à afirmação do destino Madeira”.

Foto: Tiago Palla/www.arliners.net

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica