World2Fly baseia Airbus A330-300 em Lisboa – Em 2022 virá um Airbus A350-900

A World2Fly, companhia de aviação do grupo espanhol Iberostar, vai basear neste Verão um avião Airbus A330-300 no Aeroporto de Lisboa, que será utilizado para os voos para destinos das Caraíbas e do México, anunciou na semana passada, o presidente executivo da World2Meet (W2M), Gabriel Subías.

Falando numa conferência de imprensa com jornalistas portugueses, em formato digital, na qual esteve também presente Duarte Correia, que é o diretor da W2M (departamento de viagens do grupo) para Portugal, o executivo espanhol, anunciou ainda que a companhia irá basear o segundo Airbus A350-900 (novo) da companhia em Lisboa no próximo ano, em substituição do atual A330-300 (matrícula EC-LXR), 388 lugares, que virá para Portugal no próximo mês de maio. Este avião, que já se encontra pintado com as cores da World2Fly, terá tripulação portuguesa, toda ela constituída por ex-pilotos e ex-assistentes de bordo da companhia ‘Orbest’, que trabalhava antes com um avião do mesmo tipo baseado em Lisboa, anunciou Duarte Correia.

A World2Fly terá um voo por semana para Cancun (México) a partir de 11 de julho, um voo semanal para Varadero (Cuba) a partir 17 de julho e outro para Punta Cana (República Dominicana) a partir de 19 de julho. Todos estes voos transportarão turistas clientes do operador turístico ‘Newblue’, já ativo no mercado português, e que se apresenta com algumas inovações, nomeadamente no relacionamento com os agentes de viagens, como bem referiu Duarte Correia, com grande experiência no mercado nacional, e que será “o responsável pela aproximação do projeto às necessidades do público português”, como frisou Gabriel Subías.

A World2Fly irá também dedicar-se à venda de bilhetes ‘only seats’, de Lisboa para os destinos programados. Contudo, trata-se de um processo que ainda requer diversas autorizações das entidades reguladores, pelo que os responsáveis pela empresa são cuidadosos no anúncio e não preveem para já essa opção para os seus clientes.

O primeiro A350-900 que será entregue à companhia espanhola World2Fly, fotografado após a pintura em Toulouse. Foto © Airbus.

Neste Verão, a World2Fly vai também iniciar os voos à partida de Madrid com um Airbus A350-900 novo (registo EC-NOI), que terá capacidade para transportar 432 passageiros e que saiu da linha de pintura da Airbus, em Toulouse, na semana passada. Fará voos a partir de 19 de junho para Punta Cana e Havana. Um segundo avião do mesmo modelo, a entregar pela Airbus nos próximos meses, virá para Portugal no Verão de 2022, substituindo o A330-200. Depois, será o mercado a funcionar. A procura e o sucesso do produto ditarão o crescimento das operações.

Para já, Gabriel Subías pretende neste Verão “encher os voos desde Portugal”. É difícil fazer previsões, dada a imprevisibilidade das restrições de viagens, e por se estará a viver “um ano muito peculiar”.

O executivo espanhol que lidera o sector de viagens do Grupo Iberostar considera que “quando se normalizar a situação, quando pudermos sair de casa, quando estivermos vacinados, a vontade de viajar é grande e haverá uma grande procura, é o que esperamos”.

A W2M chegou a Portugal em 2016 com negócios de receptivo e banco de camas, estando este ano a lançar a companhia aérea World2Fly e o operador turístico ‘Newblue’, que comercializará os voos para as Ilhas das Caraíbas, México e para as Ilhas espanholas.

O ‘Newblue’ promete lidar com o menos possível de papel, com grande apoio informático, uma equipa comercial com grande experiência e assegura que há muitos serviços para acrescentar nos seus pacotes de férias, com grandes benefícios para os turistas portugueses e, nomeadamente para os agentes de viagens portugueses, que irão usufruir de comissões quer nas vendas de programas de férias, quer nas viagens, quando a companhia aérea estiver a vender lugares sem alojamento, o que não está a acontecer com outras empresas de transporte aéreo que comercializam apenas lugares no mercado nacional.

 

  • Na imagem de abertura vemos o Airbus A330-330 que será baseado a partir do próximo mês de maio em Lisboa e que será operado com tripulações portuguesas. Foto © Scott-Crossfield

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica