A350 XWB recebe da FAA certificação ETOPS acima de 180 minutos

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A autoridade nacional de aviação civil dos Estados Unidos da América (FAA – US Federal Aviation Administration) aprovou o Airbus A350-900 para o ETOPS (Extended-Range Twin Engine Aircraft Operations) com alcance alargado de ‘acima de 180 minutos’, anunciou na segunda-feira, dia 2 de maio, a construtora europeia. A mesma certificação já tinha sido concedida pela autoridade europeia homóloga, a EASA.

Esta aprovação significa que, quando as primeiras companhias aéreas que atuam subordinadas à legislação norte-americana, começarem a receber os seus A350, em 2017, poderão servir novas rotas sem limitações, atendendo às especificidades da designação ETOPS de apenas 180 minutos, que limitavam viagens de maior raio de ação entre aeroportos alternativos.

Esta certificação por parte da FAA inclui também previsões para conseguir progredir até a certificação ‘ETOPS 300min’ – que corresponde à maior distância de desvio (2.000 milhas náuticas) em condições atmosféricas estáveis. Ainda este ano, assim que o modelo acumular experiência de voo suficiente, o A350 poderá receber novas indicações tendo em vista o ‘ETOPS 370min’, o que irá aumentar a distância de desvio máxima para 2.500 milhas.

“A atribuição deste certificado por parte da FAA, ainda antes do A350 ser entregue às operadoras americanas, mostra a confiança da instituição nas aeronaves da Airbus e nas companhias aéreas americanas que começarão em breve a operar o A350 XWB”, sublinha um comunicado de imprensa da Airbus.

A350 Etops new

ETOPS’ é um conjunto de regras introduzidas inicialmente pela Organização Internacional de Aviação Civil (ICAO – International Civil Aviation Organization) na década de 80 do século passado para permitir aviões bimotores voarem em rotas com trechos que estejam tão distantes de um aeroporto alternativo quanto a distância de voo percorrida até 60 minutos e que anteriormente eram operados apenas por aeronaves com mais de dois motores. Estas regras, agora denominadas ‘EDTO’ (Extended Diversion Time Operations) pela ICAO, foram progressivamente revistas para permitir voos com tempo de desvio superior a 180 minutos.

Em 2009, o Airbus A330 tornou-se o primeiro avião comercial a receber um certificado ETOPS ‘mais de 180 minutos’, quando lhe foi atribuída uma certificação ETOPS 240 minutos pela EASA.

Atualmente, os aviões bimotores da Airbus acumulam mais de 17 milhões de horas de voo ETOPS, das quais 13 milhões foram acumulados pelo modelo A330. Todos os atuais operadores do A350 têm ou terão certificado ETOPS.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Greve dos tripulantes da TACV/Cabo Verde Airlines afetará apenas os voos internacionais

A TACV Cabo Verde Airlines informou nesta quarta-feira, dia...

Contrato com a Binter para as ligações interilhas na Madeira prorrogado até setembro

A companhia aérea espanhola Binter vai assegurar por mais...

EuroAtlantic anuncia mudanças na equipa de gestão e nova injeção de capital do acionista

A companhia aérea portuguesa ‘Euro Atlantic Airways – Transportes...