Aeroporto de Campina Grande (Paraíba) já está a ser gerido pela espanhola Aena

A Infraero, empresa pública de gestão de aeroportos do Brasil, entregou na última quinta-feira, dia 16 de janeiro, a concessão das operações no Aeroporto Presidente João Suassuna, em Campina Grande, no Estado da Paraíba, à Aena Desarrollo Internacional, empresa de matriz espanhola, que arrematou os aeroportos do Bloco Nordeste durante a 5ª rodada de concessões, incluindo o terminal paraibano, em março de 2019.

Inaugurado em 1963, o Aeroporto de Campina Grande passou a fazer parte da rede Infraero em 1980. Em 2019, mais de 135 mil viajantes utilizaram o terminal, o que corresponde a uma média de 11,2 mil por mês. A Infraero já finalizou as transições dos aeroportos dos blocos Sudeste e Centro-Oeste, e segue a fase de Operação Assistida nos aeroportos do bloco Nordeste, que tem previsão de término em fevereiro deste ano.

Além do terminal de Campina Grande, a empresa espanhola Aena arrematou, em março do ano passado os aeroportos de Recife/Pernambuco, Maceió/Alagoas, Aracaju/Sergipe e João Pessoa/Paraíba. A previsão é que os terminais do Bloco Nordeste de Concessões de Aeroportos, recebam, ao longo dos próximos 30 anos, investimentos da ordem dos 2,153 bilhões de reais (cerca de 515 milhões de dólares/464,4 milhões de euros) , sendo que um terço desta importância deverá ser aplicado nos próximos cinco anos.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica