Bem-vindo, !|Sair

Aeroporto Internacional de Lisboa cotado em 11º lugar no TOP25 europeu

 width=“750” height=

 

O Aeroporto Internacional Humberto Delgado, em Lisboa subiu no ano passado três posições no ranking europeu, tendo passado de 28º para 25º lugar graças à evolução de movimentos e passageiros no segundo semestre, em que teve o 4º maior aumento de passageiros do continente, o qual, por sua vez, se fica a dever em maior medida ao crescimento da TAP no 4º trimestre de 2016.

Dados do capítulo europeu do ‘Airports Council International’ (ACI/Europe) revelados nesta semana permitiram verificar que o Aeroporto Humberto Delgado, com 22,449 milhões de passageiros em 2016, ultrapassou Bruxelas, Berlim/Tegel e Antalya (Turquia), que em 2015 tinham-se cotado respectivamente como os 21º, 27º e 15º maiores aeroportos europeus.

Lisboa, aliás, é citado pelo diretor-geral do ACI Europa como um dos exemplos da tendência que considera ter marcado a evolução em 2016, de “concentração” do tráfego em hubs secundários e emergentes, entre os quais cita Barcelona com um aumento de passageiros em 11,2% em 2016, Dublin com +11,5%, Manchester com +10,8%, Lisboa com +11,7%, Atenas com +10,6%, Varsóvia com +14,5%, Edimburgo com +11,1%, Colónia/Bona com +15,2%, Berlim/Schonefeld com +36,7%, Birmingham com +14,3%, Budapeste com +11,1%, Bucareste com +18,3%, Veneza com +10%, Bolonha com +11,5%, Keflavik com +40,4%, Tessalónica com +12,1%, Cracóvia com +18,1%, Sofia com +21,8%, e Vilnius, com +14,3%.

Em número real de passageiros, porém, como o PressTUR pode verificar, Lisboa teve o 11º maior aumento do ano, com uma subida de 2,359 milhões de passageiros, e se se considerar a variação face a 2014, Lisboa tem o 10º maior aumento, com mais 4,3 milhões.

Os mesmos dados mostram, adicionalmente, que esse desempenho de Lisboa se ficou a dever essencialmente à evolução no segundo semestre, em que teve o 4º maior aumento de passageiros de todos os aeroportos europeus, com mais 1,687 milhões (+15,6%), enquanto no primeiro semestre tivera o 21º maior aumento, com mais 675,3 mil (+7,3%, para 9,925 milhões).

De facto, foi nos últimos meses do ano que o Aeroporto Humberto Delgado de Lisboa passou para os lugares cimeiros do crescimento, especialmente no 4º trimestre, em que teve o 4º maior aumento de passageiros da Europa, com mais 938,2 mil (+20%), ao alcançar o 5º maior aumento em Outubro, com mais 312,6 mil passageiros que no mês homólogo de 2015 (+17,1%, para 2,142 milhões), o 3º maior aumento na Europa em Novembro, com mais 300,1 mil (+21,1%, para 1,722 milhões), e o 7º maior aumento em Dezembro, com mais 325,9 mil (+22,8%, para 1,75 milhões).

Dados do Aeroporto Internacional Humberto Delgado/Lisboa permitem verificar, por sua vez, que a aceleração do seu crescimento está claramente relacionada com a ‘descolagem’ da TAP depois de um período de estagnação e queda que se arrastou desde finais de 2014.

No primeiro semestre de 2016, em que o crescimento do Aeroporto de Lisboa ficou em 7,3% ou 671,3 mil passageiros, a TAP teve uma queda em 1,5% ou 71,3 mil passageiros, mas já com retoma da trajetória de crescimento a partir de Maio que ‘acelerou’ fortemente no quarto trimestre, em que a companhia portuguesa cresceu sempre a dois dígitos, em 15,7% em Outubro, em 27,8% em Novembro e em 29,5% em Dezembro.

Dessa forma, enquanto no primeiro semestre a TAP penalizou o crescimento do Aeroporto Humberto Delgado, no segundo teve um aumento de 782,7 mil passageiro, o que equivale a 46,4% do aumento total do aeroporto, tendo atingido os 59,1% no 4º trimestre, com um aumento em 554,8 mil.

Ainda assim, no ano, pela evolução negativa no primeiro semestre, a participação da TAP no aumento de passageiros do Aeroporto Internacional de Lisboa ficou em 30,2%, com mais 711,3 mil (+6,9%, para 10,95 milhões).

 

  • Matéria publicada pela agência de notícias de turismo e viagens ‘PressTUR’, parceira editorial do ‘Newsavia’ em Portugal

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica