Bem-vindo, !|Sair

Aeroportos portugueses crescem mais que a média europeia

O Aeroporto Internacional de Lisboa, com +8,3% em Março deste ano, teve nesse mês o quinto maior aumento relativo do número de passageiros do grupo de aeroportos europeus que anualmente têm entre dez milhões e 25 milhões de passageiros, segundo informação do ‘Airports Council International’ (ACI), que compilou os dados de 194 aeroportos europeus.

De acordo com o ACI, em Março o movimento de passageiros no conjunto dos aeroportos europeus aumentou em média 2,5% no mês de Março, com +1,3% em aeroportos de países da União Europeia e +6,7% em aeroportos de países terceiros.

Portugal, de que o ACI apenas considera os aeroportos de Lisboa, Porto, Faro e Ponta Delgada, teve um aumento médio menor que a média geral mas acima da média da União Europeia, com +4,4%.

Entre os países da UE que tiveram crescimentos superiores ao de Portugal contam-se o Luxemburgo, com +10,3%, a Suécia, com +8,4%, Malta, com +8,3%, a Bulgária, com +6,5%, a Lituânia, com +6,1%, a Eslovénia, com +5,1%, e Grécia, com +5%, enquanto Espanha teve +1%, França, +0,6%, Alemanha, 0,0%, e Itália, +2,3%.

Por aeroportos, que o ACI ‘organiza’ por grupos, entre os maiores (com mais de 25 milhões de passageiros por ano), o aumento médio em Março foi de 2%, e os líderes em crescimento percentual foram Moscovo Sheremetyevo, com +11,7%, Barcelona, com +6,2%, Istambul Atatürk, com +6,1%, Londres Gatwick, com +5,1%, e Paris Orly, com +2,8%.

No grupo 2, dos aeroportos que anualmente têm entre dez milhões e 25 milhões de passageiros, cujo aumento médio em Março foi de 3,8%, os líderes em crescimento foram Istambul Gökçen, com +34,9%, São Petersburgo, um dos novos destinos da TAP, com +14,2%, Estocolmo Arlanda, com +10,5%, Atenas, com +9,1%, e Lisboa, com +8,3%.

O grupo 3, dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano, onde o ACI inclui os aeroportos do Porto (+3,1%) e de Faro (-9%), teve um aumento médio em 1,1% e os líderes foram Catânia, com +12,1%, Lanzarote, com +10,2%, Ancara Esenboğa, com +8,7%, Bergen, com +7,9%, e Izmir Adnan Menderes, com +6,5%.

No grupo 4, com menos de cinco milhões de passageiros por ano, onde o ACI inclui Ponta Delgada (1,9%), o aumento médio foi de 2,8% e o Top5 do crescimento relativo pertenceu a Valtry, com +63%, Santorini, com 61%, Chisinau, com +35,8%, Belgrado, com +28,2%, e Tivat, com +27,9%.

Olivier Jankovec sublinha que, porém, o abrandamento do crescimento do movimento de passageiros nos aeroportos europeus em Março também reflecte “o impacto das crescentes tensões geopolíticas na Rússia e na Ucrânia”, bem como um “uma procura mais branda na Turquia e de países emergentes de fora da Europa”.

Para o conjunto do primeiro trimestre, que este ano ‘compara mal’ com o anterior, pela ‘falta’ da Páscoa, o ACI indica, com base em dados de 193 aeroportos, um aumento médio do número de passageiros em 4,6%, com +3,3% em países da União Europeia e +9,2% nos restantes, que em relação ao primeiro trimestre de 2012 têm um aumento em 19,1%, enquanto nos aeroporto da União Europeia o aumento é de 1,1%.

Portugal, incluindo apenas os aeroportos de Lisboa, Porto, Faro e Ponta Delgada, tem um aumento no primeiro trimestre face a 2013 em 6,8%, com +8,8% em Lisboa, que compara com +5,8% nos aeroportos do Grupo 2, +6,8% no Porto e -1,7% em Faro, que comparam com +4% no Grupo 3, e estagnação em Ponta Delgada, enquanto o Grupo 4 teve um aumento médio em 5%.

Portugal cotou-se, assim, como um dos países onde o movimento de passageiros mais cresceu no primeiro trimestre, ficando apenas aquém do Luxemburgo (+14,8%), Eslovénia (+11,5%), Malta (11,3%) e Suécia (+7,7%).

 

Matéria publicada hoje, dia 19 de Maio, no site da PressTUR, agência noticiosa portuguesa de turismo e viagens

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica