Bem-vindo, !|Sair

Airbus A321 da Metrojet explodiu no ar – anunciaram os serviços secretos russos


 

O Airbus A320 da companhia Kogalymavia/ Metrojet que caiu no passado dia 31 de Outubro na Península do Sinai, Egito, foi derrubado pela explosão de um dispositivo artesanal equivalente a um quilograma de TNT, anunciou na manhã desta terça-feira, dia 17 de novembro, em Moscovo, Alexander Bortnikov, chefe do Serviço Federal Russo de Segurança (FSB).

O funcionário russo disse estar perante um cenário de provável ataque terrorista ao avião que transportava um total de 224 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulantes, que morreram na tragédia.

A aeronave desapareceu dos radares cerca de 30 minutos depois de levantar voo do Aeroporto de Sharm el-Sheikh, no Mar Vermelho, e dirigia-se para a cidade de São Petersburgo, na Rússia.

O anúncio do FSB vem confirmar as teorias desde há algum tempo sustentadas, nomeadamente por diversos serviços secretos de países ocidentais e outros investigadores, de que a queda do avião só poderia ter acontecido por razões que nada tinham a ver com o funcionamento mecânico do aparelho.

Recorde-se que pouco tempo depois do desastre, membros do grupo terrorista que controla o autodenominado ‘Estado Islâmico’, tinha reivindicado, numa conta de Twitter, a autoria do atentado. Um fato que, naquela ocasião, não foi levado muito a sério pelos investigadores.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica