Airbus A380 ex-Hi Fly armazenado em Tarbes/Lourdes, nos Pirinéus Franceses

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O Airbus A380 que esteve ao serviço da Hi Fly Malta, empresa do Grupo Mirpuri, de matriz portuguesa, aterrou ao princípio da tarde desta terça-feira, dia 16 de março, no Aeroporto de Tabes/Lourdes, em França, onde ficará armazenado ao cuidado da Tarmac Aerosave, empresa do Grupo Airbus que se dedica ao armazenamento de aeronaves por períodos mais longos e também ao seu desmantelamento e comercialização de peças recuperadas.

O avião, que ainda ostenta a matrícula 9H-MIP, saiu da Hi Fly no dia 17 de dezembro do ano passado, voando diretamente do Aeroporto de Beja/Alentejo, no sul de Portugal, para Toulouse, onde foi devolvido à empresa de leasing. De passagem por Lisboa, sobre o mar frente à capital portuguesa, desenhou um coração, em jeito de despedida (LINK notícia relacionada).

Depois de alguns dias parado nas instalações da fábrica que o construiu, e após a remoção da decoração que tornou este ‘Super Jumbo’ bastante apreciado em diversos aeroportos mundiais, em muitos dos quais se notabilizou pelo facto de ser o primeiro e único até hoje Airbus A380 a aterrar nesses locais, o avião partiu para o Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos) onde esteve armazenado.

Na segunda-feira, dia 15 de março, fez um voo de verificação que durou cerca de duas horas e 20 minutos no Golfo Pérsico, pela manhã, após o que descolou do Abu Dhabi pelas 13h54 locais. Aterrou em Toulouse às 17h55 locais, depois de um percurso de cerca de sete horas.

Nesta terça-feira, dia 16, levantou voo de Toulouse para o Aeroporto de Tarbes/Lourdes, nos Pirinéus Franceses, onde aterrou pelas 13h50 locais, após um percurso de 26 minutos.

Nos meios da aviação não há grande otimismo quanto à retoma das operações de transporte de passageiros em aviões comerciais de maior capacidade, nomeadamente os Airbus A380 e os Boeing 747. Estão muitas dezenas parados e é inevitável que muitos acabem desmantelados, como aliás já tem acontecido, alguns com pouco mais de uma dezena de anos de serviço ativo.

Desconhece-se o que acontecerá ao avião que esteve ao serviço da Hi Fly, e que teve um papel importante nos primeiros meses da pandemia que desde há cerca de um ano assola o mundo. Por enquanto, está armazenado aos cuidados da Tarmac Aerosave.

 

  • A fotografia de entrada é da autoria do spotter Clément Alloing. Foi obtida nesta terça-feira, dia 16 de março, no momento em que o avião descolava do Aeroporto de Toulouse, em direção a Tarbes/Lourdes.

 

  • Em seguida pode ser visto o vídeo que foi publicado na conta de YouTube da Hi Fly em dezembro passado, e que é um tributo ao A380 que nessa data se despediu da companhia, tripulado por profissionais portugueses:

 

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Azores Airlines inicia novas rotas nacionais e internacionais no próximo mês de junho

A companhia aérea portuguesa Azores Airlines estreia, a partir...

Aumento para 45 movimentos/hora no atual Aeroporto de Lisboa requer estudo, esclarece o Governo

O aumento de capacidade do Aeroporto Humberto Delgado, em...