Airbus anuncia maior capacidade de produção para os A321XLR em Toulouse

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A Airbus anunciou nesta terça-feira, dia 21 de janeiro, que vai transformar uma das linhas de montagem dos A380, cuja produção será descontinuada neste ano, numa nova linha de montagem para aviões A321.

Assim, em meados de 2022, as atuais instalações fabris denominadas ‘Lagardère’, em Toulouse, França, receberão uma moderna linha de montagem dos A321, cujo sistema de produção estará, de acordo com a fábrica europeia, habilitada a trabalhar com os mais modernos sistemas digitais e automatizados, desenvolvidos pela empresa para o efeito, e que se estenderão a todas as oficinas de montagem da família A320, colocando a Airbus na vanguarda da tecnologia de montagem de aeronaves comerciais.

“Estamos desfrutando de uma procura sem precedentes para a nossa família A320neo, especialmente, para os modelos A321 Long Range (LR) e Xtra Long Range (XLR)”, refere Michael Schoellhorn, diretor de operações da Airbus, num comunicado distribuído pela fábrica europeia. “Para otimizar o fluxo industrial, decidimos aumentar a nossa capacidade e flexibilidade de produção global do A321, além de estabelecer uma próxima linha de montagem final em Toulouse”, acrescenta o responsável.

Atualmente, a única linha de montagem final europeia que monta os A321 está localizada em Hamburgo, na Alemanha. Além disso, o A321 também está sendo montado e entregue em Mobile, no Estado do Alabama, Estados Unidos da América.

A Airbus esclarece que “Toulouse foi selecionada por várias razões, tais como: competitividade geral, tempo de colocação no mercado, custo de investimento, espaço disponível e recursos.” A decisão foi comunicada aos parceiros sociais da Airbus.

 

Os aviões da família A320neo, de corredor único, são os mais vendidos no mundo, com mais de 7.100 aparelhos novos encomendados para mais de 110 clientes. Dentro dessa família, o A321XLR é a mais recente etapa evolutiva que responde às necessidades do mercado com ainda maior autonomia de voo e capacidade de carga útil, criando mais valor para as companhias aéreas.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Volotea e Abra (Avianca e GOL) juntam-se para operações conjuntas entre a Europa e as Américas

A Volotea, que se intitula a companhia aérea espanhola...

Pedro Barros é o novo presidente do Conselho de Administração da TACV

Pedro Barros, atual presidente do Fundo Soberano de Garantia...

Lufthansa City Airlines arranca no dia 26 de junho com voo Munique-Birmingham

A Lufthansa City Airlines, a companhia aérea mais jovem...

Bubaque, no Arquipélago dos Bijagós, terá um novo aeroporto para tráfego regional

O Governo da República da Guiné-Bissau e a ‘Royal...