Airbus entregou 39 aviões comerciais em agosto passado

Os pedidos brutos da Airbus até 31 de agosto deste ano totalizaram 370 aeronaves com pedidos líquidos de 303, após os cancelamentos verificados ao longo dos primeiros oito meses de 2020, que têm sido de acerto nas encomendas de diversas companhias aéreas mundiais, face à queda de tráfego provocada pela pandemia de covid-19.

A construtora aeronáutica europeia anunciou neste terça-feira, dia 8 de setembro, que em agosto, a Airbus entregou um total de 39 aviões comerciais distribuídos entre 35 aeronaves da família A320 incluindo o primeiro A321neo para a Gulf Air, dois A330 incluindo o primeiro A330-900neo para a transportadora portuguesa Orbest (propriedade do operador turístico espanhol Barceló) e dois A350 XWB.

A carteira de pedidos da Airbus de aeronaves a serem entregues em 31 de agosto era de 7.501, compreendendo 524 A220s, 6.091 aeronaves da família A320 (incluindo 6.034 família A320neo), 319 A330s (incluindo 285 família A330neo), 558 A350 XWBs e nove A380s.

 

O novo Airbus A330-900neo da Orbest Portugal, matrícula CS-TKH, chegou a Portugal no passado dia 7 de agosto e ficou baseado no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Será utilizado em voos para as Caraíbas e destinos de férias de longo curso à partida de Portugal e Espanha. Tem capacidade para transportar 388 passageiros, em classe única, estando também disponível para fretamentos e alugueres ACMI. É a terceira companhia aérea registada em Portugal a integrar na sua frota um Airbus A330-900neo, depois da TAP Air Portugal e da Hi Fly Portugal.

A Orbest Portugal, companhia irmã da espanhola Evelop Airlines, outra empresa do Grupo Barceló, já tinha na sua frota um Airbus A330-300, registo CS-TRH, que tem 13 anos de atividade e que está ao serviço da transportadora portuguesa desde 2010. Tem capacidade para transportar 388 passageiros, também em classe única.

 

  • Foto de entrada © FrenchPainter

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica