Bem-vindo, !|Sair

B777-300ER da Air Canada apanhado por grave turbulência – 21 ocupantes assistidos

Um avião Boeing 777-300ER da Air Canada, com 351 pessoas a bordo (332 passageiros e 19 tripulantes) que fazia o voo AC088 entre o Aeroporto de Xangai, na República Popular da China, e o Aeroporto de Toronto, no Canadá, divergiu na quarta-feira, dia 30 de dezembro, para o Aeroporto de Calgary, na província de Alberta, após passar por um período de grande turbulência em voo que provocou alguns feridos a bordo.

A imprensa canadiana refere que foram assistidos em hospitais de Calgary 21 passageiros e tripulantes, todos com queixas de dores no pescoço e na coluna vertebral. Oito ficaram hospitalizados devido às lesões, mas nenhum corre perigo de vida. Os restantes ficaram em observação, pois apresentam traumatismos que, segundo informação hospitalar, não deverão necessitar de internamento.

Um passageiro disse a uma cadeia de televisão que o aparelho passou por uma zona de grande turbulência e por momentos de instabilidade, que provocou pânico entre alguns passageiros. Os que não estavam sentados com cintos apertados e que foram surpreendidos pelo temporal foram atirados dentro do avião, com as naturais consequências que uma situação destas provoca.

A Air Canada distribuiu um comunicado em que confirma o incidente, e o número de pessoas assistidas em hospitais, e diz que está a prestar todos os cuidados e apoio aos passageiros, muitos dos quais já foram encaminhados para Toronto em voos domésticos da companhia. Mostrou-se ainda disponível para cooperar com as entidades oficiais no inquérito que se seguirá a este incidente.

A companhia agradeceu o trabalho das equipas de acolhimento no Aeroporto de Calgary e a todos os socorristas e pessoal hospitalar o seu trabalho exemplar na assistência aos 351 ocupantes do aparelho que recolheu a um hangar de manutenção para verificação técnica.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica