Bem-vindo, !|Sair

Brasil recebe visita promocional do turboélice bimotor M28

A construtora norte-americana Sikorsky, uma empresa subsidiária da Lockheed Martin, e a sua afiliada polaca PZL Mielec estão a preparar um voo transatlântico para demonstrar o avião turboélice M28, que irá percorrer sete países e 13 cidades, entre meados de março e maio próximo.

O avião bimotor será demonstrado por engenheiros da fábrica e por uma tripulação contratada pela empresa construtora, a diversos potenciais novos clientes, incluindo companhias aéreas, agências governamentais e operadores militares.

A viagem arrancou no dia 17 de março deste ano em Port of Spain, no arquipélago de Trinidad e Tobago, e vai passar, até meados do mês de maio, pelo Brasil, Argentina, Equador, Colômbia, Panamá e México. O avião vai visitar o Rio de Janeiro durante a bienal LAAD Defence and Security Exhibition, que decorre de 4 a 7 de abril.

No dia 30 de março o M28 pousou no Aeroporto de Manaus, no Estado do Amazonas. Entrou no Brasil pelo norte. No fim-de-semana estará em Brasília, distrito federal, e na terça-feira, dia 4 de abril, já pode ser visto no Rio de Janeiro.

“O M28 é um avião certificado, resistente e confiável que pode operar em alguns dos ambientes mais difíceis com suporte mínimo”, disse Janusz Zakrecki, presidente da PZL Mielec. “As Caraíbas e a América Latina são regiões onde as pessoas e a carga muitas vezes precisam ser transferidas para aeródromos subdesenvolvidos, com poucas facilidades, tornando-se um promissor mercado potencial para o M28”.

Mais de 100 aeronaves M28 operam atualmente em todo o mundo, com configurações comerciais. Mas existem também configurações militares e para aviões que estão inseridos em esquadras de logística e transporte das Forças Armadas, realizando o transporte de passageiros, treino de pára-quedistas, patrulha de fronteira, entre outros. A Marinha de Guerra e a Força Aérea polacas implementaram com êxito o M28 ‘Bryza’ em funções de vigilância marítima e transporte.

“Esta visita a sete países é um excelente exemplo dos benefícios ganhos pela Sikorsky e pela PZL Mielec após a sua aquisição pela Lockheed Martin, que tem décadas de experiência de apoio às empresas da América Latina e das Caraíbas e, também, a clientes militares”, diz Janusz Zakrecki. “Estamos a ver um renovado foco no desenvolvimento de oportunidades para o M28 na África, Ásia e Índia, para além da Europa Central, Caraíbas e América Latina”.

A fábrica polaca PZL Mielec que produz o helicóptero BLACK HAWK multifunção para os mercados internacionais, bem como o turboélice M28 twin é o maior exportador de defesa da Polónia, sustentando diretamente o emprego de mais de 1.600 trabalhadores, bem como mais 5.000 postos de trabalho na cadeia de abastecimento. É o maior local de produção da Lockheed Martin fora dos EUA.

O M28 é certificado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC)  Agência Europeia de Segurança Aérea (EASA) e pela Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos da América, para operações em temperaturas compreendidas entre -50 e +50 graus Celsius.

Uma asa de alta sustentação, dois motores turbopropulsores Pratt & Whitney Canada PT6-65B de 1.100 shp (820 kW) e hélices de passo reversível delegam ao avião características únicas de descolagem e pouso curtos, segundo a fabricante.

Com carga útil máxima de 2.300 quilogramas, o M28 pode descolar e aterrar em pistas de pouso precárias.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica