Carlos Mirpuri e Hi Fly obtêm tempo recorde de voo entre a Madeira e Lisboa

A companhia aérea portuguesa Hi Fly anunciou que o comandante Carlos Mirpuri registou nesta quinta-feira, dia 30 de dezembro, o tempo recorde de voo de 70 minutos (uma hora e dez minutos) entre a ilha da Madeira e a cidade de Lisboa. O avião utilizado foi um Airbus A330-900neo, matrícula CS-TKY, que percorreu a distância de 565 milhas náuticas entre os dois aeroportos nacionais. A bordo da aeronave seguiam dois representantes da FAI (World Air Sports Federation) que certificaram o tempo de voo.

A propósito deste evento, o comandante de linha aérea Carlos Mirpuri comentou: “Atingir um tempo de voo recorde nesta rota requer um conjunto de condições que raramente se reúnem. Isto significa ventos fortes de sudoeste em rota e ventos de nordeste em Lisboa. Também é conveniente partir da pista 05 na Madeira, normalmente não viável com ventos de sudoeste, e aterrar na pista 03 em Lisboa. Hoje tivemos um vento de cauda razoável em rota, longe do ideal, e fomos forçados a utilizar a pista 23 na Madeira, e a pista 21 em Lisboa, o que significa a pior combinação possível. Mas contra todas as probabilidades e com o bom apoio do Controlo de Tráfego Aéreo, ainda conseguimos cobrir as 565 milhas náuticas desta rota num tempo recorde de 70 minutos, que se torna agora uma figura oficial na presença dos juízes da FAI.”

A tripulação que fez o voo de posição do Airbus A330-900neo da Hi Fly Portugal, entre a ilha da Madeira e Lisboa. Aos comandos posicionou-se Carlos Mirpuri, ao centro, que foi acompanhado no cockpit por Ruben Morais, outro comandante de linha aérea da companhia, à direita na imagem.

“A escolha de um nível de voo de cruzeiro oferecendo o TAS (verdadeira velocidade aérea) mais elevado, e um ponto adequado de iniciação e desaceleração da descida, desempenhou um factor importante. Além disso, um desvio positivo da ISA ajudou-nos a alcançar uma velocidade de voo de 500 nós. Durante grande parte do cruzeiro tivemos ventos de cauda com uma média de 35 nós”.

Anteriormente, o comandante Mirpuri tinha alcançado na mesma rota 64 minutos com um avião Airbus A320, e 59 minutos com um Airbus A330. Nessas ocasiões estiveram disponíveis uma boa escolha de pistas e melhores ventos de cauda. Contudo, esses tempos não foram auditados pelos pelos juízes da FAI, como não estavam planeados, mas sim conseguidos devido às das condições meteorológicas existentes nesses dias.

O Airbus A330-900neo da Hi Fly Portugal fotografado pelo nosso colaborador José Luís Freitas no momento em que se preparava para descolar no Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo, com destino a Lisboa.

Sobre o evento desta quinta-feira, conseguido com um avião sem passageiros, que fazia um voo de posição (5K242P), após uma viagem entre Lisboa e a Madeira que transportou turistas portugueses que se deslocam à ilha para a Passagem de Ano, o comandante Carlos Mirpuri acrescentou ainda: “70 minutos de rodagem com esta combinação de pistas é um tempo incrível”, e torna-se agora oficial. Normalmente, a distância entre a Madeira e Lisboa é coberta por aviões num tempo de voo de 75 a 80 minutos para uma configuração de pista 05/03, e 85 a 90 minutos para uma configuração de pista 23/21.

Carlos Mirpuri também detém o recorde de número máximo de passageiros transportados num voo da Madeira para Lisboa. Então aos comandos de um avião Airbus A330-300 em configuração de alta densidade da Air Luxor, embarcou o impressionante número de 410 passageiros.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica