Bem-vindo, !|Sair

Comac C919 fez voo de teste a 7.800 metros de altitude

O Comac C919, primeiro avião de passageiros para o médio curso fabricado na República Popular da China, realizou nesta sexta-feira, dia 10 de novembro, o seu primeiro voo de teste para além dos mil quilómetros.

Um comunicado distribuído pela fábrica, a Corporação de Aviões Comerciais da China (designada por COMAC, as iniciais da entidade em inglês), indica que o C919 percorreu a distância entre os aeroportos de Pudong, na cidade de Xangai, e de Yanling, em Xian (1.300 quilómetros em 02h20m, tendo subido a uma altitude máxima de 7.800 metros.

A agência noticiosa ‘Nova China’ revelou que este foi o sexto voo de teste e ensaio da nova aeronave, que agora se manterá em Xian para outros testes necessários para a certificação de navegabilidade do aparelho para o transporte regular de passageiros.

Este protótipo do C919 – o primeiro de seis que sairão de fábrica até ao próximo ano – fez o seu voo inaugural em maio passado. Tem dois motores a jato CFM International LEAP, de construção ocidental, integrando ainda numerosos componentes fabricados ou desenhados por empresas europeias e norte-americanas.

A COMAC já tem no mercado o jato bimotor ARJ21, no segmento dos voos regionais. Só neste ano é que a fábrica chinesa está a iniciar o programa de fabrico em série deste modelo, já ao serviço de companhias chinesas, após a certificação no país.

O modelo C919 está configurado para transportar até cerca de 170 passageiros e deverá competir internacionalmente com a gama Airbus A320 e Boeing 737 das suas maiores construtoras aeronáuticas mundiais. A COMAC diz que já tem 730 encomendas de cerca de 30 clientes nacionais e internacionais para o C919.

2 Comments

  1. O C 919 vai transportar 170 aviões? Muito bom!

    • Catanho Fernandes

      Obrigado. Já está corrigido.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica