Conviasa aumenta voos entre Caracas e Madrid com A330-300 da Malásia

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A companhia aérea estatal venezuelana Conviasa (Consorcio Venezolano de Industrias Aeronáuticas y Servicios Aéreos) anunciou esta semana em Caracas que aumentou a oferta de lugares nas suas rotas de Caracas para Madrid (Espanha) e para Buenos Aires (Argentina).

A Conviasa alugou durante um mês um Airbus A330-300 da AirAsia X, companhia de longo curso registada na Malásia, que assegurará o escoamento de mais passageiros para as cidades de maior procura de tráfego internacional da transportadora venezuelana. O avião tem capacidade para 365 passageiros em classe Económica e 12 em classe Executiva. O aluguer do aparelho é um ‘wet lease’ e durará até 24 de Março.

O presidente da Conviasa, José Gregorio Pereira Matute, em comunicado, adiantou que a partir de 20 de Março, a companhia de bandeira venezuelana terá uma terceira frequência semanal para Madrid, sem contudo explicar que se haveria reforço de frota.

Presentemente, e no que se refere ao longo curso, a Conviasa tem um Airbus A340-200, dos primeiros que saíram da linha de montagem (voo inaugural em 23 de Julho de 1993) e que, no ano passado passou por uma profunda recuperação depois de alguns tempos estacionado no Aeroporto de Bordéus, em França.

Alternadamente, nos últimos meses, a Conviasa tem alugado aviões à AirAsia X e à companhia portuguesa HiFly, um A340-300 para poder cumprir a sua programação internacional de longo curso.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

GOL obtém autorização para subscrever empréstimo de um bilhão de dólares para evitar bancarrota

A GOL Linhas Aéreas, companhia aérea brasileira que passa...

João Carlos Pó Jorge exonerado das funções de diretor-geral da LAM – Linhas Aéreas de Moçambique

O Conselho de Administração das Linhas Aéreas de Moçambique...

Incidente com Airbus A320 da TAP na Dinamarca origina alteração de ‘software’ de motores

As autoridades dinamarquesas recomendaram a alteração de software utilizado...

SITAVA diz que a TAP excluiu o pessoal de terra dos novos acordos de empresa já negociados

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA)...