Bem-vindo, !|Sair

Embraer KC-390 regressa ao Brasil depois de digressão mundial


 

O novo jato multimissão de transporte militar e reabastecimento em voo KC-390 encerrou na semana passada um bem-sucedido tour de demonstração de 40 dias, no qual sobrevoou 19 países e foi apresentado a nove nações na Europa, África, Ásia e Oceania, anunciou a fábrica brasileira Embraer na sexta-feira, dia 21 de julho.

No total, foram registadas 130 horas de voo sem qualquer ocorrência, incluindo vários voos de demonstração com representantes de potenciais operadores.

A aeronave partiu da Unidade de Gavião Peixoto, no interior do Estado de São Paulo, em direção à Suécia, onde foi exibida ainda antes de seguir para o Aeroporto de Le Bourget, nos arredores de Paris. O KC-390 esteve exposto durante a 52ª edição do Paris Air Show, realizada em junho, e exibiu-se pela primeira vez num show aéreo, tornando-se um dos destaques do evento.

Depois da França, o KC-390 seguiu para a sua série de demonstrações, antes de retornar ao Brasil na semana passada. “Este tour permitiu que vários representantes de potenciais operadores tivessem contato com o KC-390 e pudessem conhecer de perto toda sua flexibilidade, que o torna capaz de realizar uma ampla gama de missões”, disse Jackson Schneider, presidente executivo da Embraer Defesa & Segurança. “Todos os que tiveram oportunidade de voar a aeronave elogiaram as suas capacidades operacionais e o avançado projeto que incorpora tecnologias comprovadas de última geração” , destacou Schneider.

A aeronave demonstrou grande robustez e apresentou 100% de disponibilidade durante todo o tour, no qual foram realizados 52 pousos, em 18 países diferentes. No total, o KC-390 percorreu 91.743 km (ou 49.537 milhas náuticas), o equivalente a mais de duas voltas completas na Terra pela linha do Equador. Durante as demonstrações, o avião pôde ser avaliado em decolagens de grandes altitudes e altas temperaturas, em navegação a baixa altura (chegando a voar com 49º Celsius de temperatura ambiente) e simulando condições operacionais, como o lançamento de paraquedistas.

“Estamos muito satisfeitos com a maturidade já alcançada pelo produto e temos plena confiança de que a certificação virá dentro do cronograma previsto. Em breve, o KC-390 estará totalmente pronto para cumprir todos os requisitos para os quais foi projetado, tornando-o um verdadeiro multiplicador de forças com potencial para atender a qualquer nação”, disse Schneider.

 


“Como

 

Um avião preparado para diversas e múltiplas missões

O KC-390 é uma aeronave de transporte tático desenvolvida para estabelecer novos padrões na sua categoria, apresentando ao mesmo tempo o menor custo do ciclo de vida do mercado. É capaz de realizar diversas missões, como transporte de carga, tropa ou paraquedistas, reabastecimento aéreo, além de apoio a missões humanitárias, busca e resgate, evacuação médica e combate aéreo a incêndios.

O KC-390 transporta até 26 toneladas de carga a uma velocidade máxima de 470 nós (870 km/h), com capacidade para operar em ambientes hostis, incluindo pistas não-preparadas ou danificadas.

Trata-se de um projeto da Força Aérea Brasileira (FAB) que, em 2009, contratou a Embraer para realizar o desenvolvimento da aeronave. A campanha de testes do KC-390 está avançando de forma extremamente satisfatória, atendendo todos os requisitos da aeronave e validando os objetivos de desempenho e capacidade previstos por meio do uso de avançadas ferramentas de engenharia.

Desde o início da campanha de testes em voo, em outubro de 2015, os protótipos do KC-390 têm apresentado uma alta taxa de disponibilidade, acumulando mais de 1.200 horas de voo. A Capacidade Operacional Inicial deve ser atingida até o final deste ano e as entregas estão programadas para começar no primeiro semestre de 2018.

 

FAB e FAP são os primeiros clientes do novo avião militar

A Força Aérea Brasileira encomendou 28 aeronaves KC-390, em maio de 2014, que irão substituir a frota de C-130 Hercules, aviões também de apoio logístico e de transporte das Forças Armadas Brasileira, o popular turboélice com quatro motores fabricado desde há mais de cinco décadas pela fábrica norte-americana Lockheed Martin e que equipa a maioria das forças militares mundiais.

“O KC-390 será a espinha dorsal da aviação de transporte da Força Aérea Brasileira”, disse recentemente o comandante da Aeronáutica, tenente brigadeiro do ar Nivaldo Luiz Rossato.

O Governo Português também decidiu no passado mês de junho iniciar as negociações para aquisição de cinco aviões KC-390, com opção para mais um, que irão substituir igualmente os C130 Hércules, há cerca de quatro décadas ao serviço da Força Aérea Portuguesa (LINK notícia relacionada). Algumas das partes e componentes do KC-390 são fabricadas em Portugal, país onde o novo avião militar da Embraer foi apresentado pela primeira vez, depois do Brasil, em julho de 2016, uma escala que aconteceu a caminho do Farnborough Air Show, que decorreu nos arredores da cidade de Londres (Reino Unido) de 11 a 17 desse mês.

Além de Brasil e Portugal mais dois países cooperam na concepção e fabrico do novo avião militar: a Argentina e a República Checa.

 
Faça parte da nossa comunidade - Descarrega já a app NewsAvia

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica