Bem-vindo, !|Sair

Empresário morre em queda de avião ultra-leve no Ceará (Brasil)

Um avião monomotor ultra-leve (Tecnam P2002 Sierra Deluxe) caiu na Serra de São Daniel, localizada no limite entre os municípios de Uruburetama e Itapipoca (Litoral Oeste do Estado do Ceará, no Nordeste Brasileiro), por volta das seis horas de domingo, dia 13 de setembro. A aeronave, denominada experimental pela imprensa brasileira que se refere ao acidente, era pilotada pelo empresário Carlos Alberto Mendes Vasconcelos, conhecido como ‘Chitãozinho’, que morreu carbonizado no desastre. Ele era o único ocupante do avião.

O relato dos moradores de Itapipoca é que a aeronave seguia em baixa velocidade quando colidiu em uma palmeira e chocou com uma pedra ao cair, explodindo em seguida, escreve nesta segunda-feira o jornal cearense ‘O Povo’. A Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) auxiliou no resgate do corpo com um helicóptero. Policiais militares também estiveram no local.

De acordo com o major Marcus Costa, relações públicas da Ciopaer, esse tipo de aeronave não precisa voar em rotas registadas. O piloto pode apenas decolar de um município para outro informando ao Comando da Aeronáutica que estará sobrevoando determinada área. Como a prática é do chamado “voo visual”, em menores altitudes, os pilotos têm somente de permanecer em áreas com um mínimo de visibilidade para desviar de obstáculos e evitar outras aeronaves, esclarece o jornal.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão geralmente responsável por apurações envolvendo aviões e similares, informou o jornal ‘O Povo’ que não averigua ocorrências com aeronaves experimentais. A investigação para determinar as causas do acidente, explicou o major Marcus Costa, deverá ser conduzida por departamento especializado da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica