Espanha mantém restrições aos passageiros oriundos do Brasil e de Moçambique

A Espanha decidiu prolongar até 31 de maio as restrições temporárias às chegadas consideradas não essenciais de países terceiros da União Europeia (UE) e associados ao espaço Schengen europeu, devido à covid-19.

O Boletim Oficial do Estado publica nesta sexta-feira, dia 30 de abril, uma resolução que segue a recomendação do Conselho Europeu de 30 de junho passado sobre a restrição temporária deste tipo de viagens aéreas para a UE e o possível levantamento de tais limitações.

Além dessas restrições, até 31 de maio, os viajantes provenientes, com ou sem escalas, da Índia, Brasil, África do Sul, Botswana, Comores, Gana, Quénia, Moçambique, Tanzânia, Zâmbia, Zimbabwe, Perú e Colômbia só poderão entrar em território espanhol se forem residentes em Espanha ou em Andorra.

Por outro lado, o último prolongamento aprovado para a introdução de controlos com restrições na fronteira terrestre com Portugal termina sábado e não foi renovado.

Madrid coordenou assim com Lisboa a abertura das suas fronteiras, depois de ter sido anunciado na quinta-feira na capital portuguesa que a fronteira terrestre com Espanha, fechada desde janeiro deste ano devido à pandemia de covid-19, será reaberta ao tráfego normal este sábado, dia 1 de maio.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica