Estado de emergência em Portugal – Voos em território nacional não são afetados

As novas medidas do estado de emergência em Portugal, que entram em vigor na sexta-feira, dia 15 de janeiro, devido ao aumento exponencial de casos de infeções de covid-19 e do número de mortos, não afetam as ligações aéreas entre o continente português e as suas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira.

O primeiro-ministro António Costa, no final da reunião do Conselho de Ministros, na quarta-feira, dia 13, disse que “nunca haverá qualquer restrição” nos voos entre Portugal continental e as regiões autónomas dos Açores e da Madeira, no âmbito do novo confinamento geral devido à pandemia da covid-19.

“Nunca introduzimos qualquer restrição aos voos para as regiões autónomas e o princípio da continuidade territorial tem de ser assegurado e, da nossa parte, nunca haverá qualquer restrição para voos de e para as regiões autónomas”, garantiu António Costa, referindo-se às ligações entre o território continental português e as ilhas dos Açores e da Madeira.

No primeiro confinamento geral devido à covid-19, a companhia aérea de bandeira portuguesa TAP manteve as ligações entre as regiões autónomas, enquanto a grupo SATA decidiu parar as ligações inter-ilhas nos Açores e os voos de e para fora da região, medidas que foram definidas pelo Governo dos Açores, que agiu enquanto acionista único da empresa.

Questionado sobre as ligações aéreas de e para Portugal, o primeiro-ministro disse que se mantêm as “restrições que estão em vigor e que ainda recentemente foram renovadas”, sem adiantar mais informação.

 

  • LINK notícia relacionada

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica