Euro Atlantic mantém interesse na companhia aérea de Cabo Verde

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img


 

A companhia aérea portuguesa Euro Atlantic Airways apresentou este ano à Administração da TACV – Transportes Aéreos de Cabo Verde uma proposta de parceria que, segundo os responsáveis pela empresa portuguesa “aporta benefícios à economia do País e para o bem estar das populações, ao mesmo tempo que atenuava problemas de insularidade que afetam a vida no arquipélago”.

Essa proposta foi apresentada pessoalmente pelo presidente do Conselho de Administração da EAA, Tomaz Metello, que se deslocou à Cidade da Praia, acompanhado pelo presidente executivo da companhia portuguesa, Euclides Batalha.

No passado dia 1 de julho, o jornal ‘A Nação’ que se publica na República de Cabo Verde, noticiava com grande destaque na primeira página que a Euro Atlantic e a companhia islandesa Icelandair estariam posicionadas para serem parceiras da TACV na privatização da companhia aérea, que agora, por decisão do governo nacional, ainda dono da empresa, se dedicará apenas aos voos internacionais. A TACV já abdicou da rede de voos interinsulares que são agora realizados pela Binter Cabo Verde (LINK notícia relacionada).

Contatada pelo ‘Newsavia’ a Administração da Euro Atlantic não confirma o seu interesse na privatização da companhia nacional cabo-verdiana, mas sim na empresa aérea. O seu porta-voz remeteu-nos para a proposta apresentada há poucos meses na Cidade da Praia que diz estar atualizada e ser a que, na opinião da companhia portuguesa, melhor se adapta às circunstâncias e características de operação da TACV. Face aos novos desenvolvimentos a proposta carecerá, eventualmente, de alguns ajustes, questão que os responsáveis pela Euro Atlantic poderão encarar numa próxima negociação.

Durante vários anos e até há poucos meses, a Euro Atlantic foi um parceiro importante para a TACV no aluguer de aviões em regime de wet-lease para a realização de voos da rede da companhia cabo-verdiana, face às frequentes necessidades de aeronaves, algumas vezes por avaria e outras vezes quando elas iam para as revisões técnicas obrigatórias. A situação económica da empresa, muito débil nos últimos anos, também impedia os cabo-verdianos de terem uma frota com disponibilidade suficiente, tendo a TACV recorrido ao aluguer de outros aviões quando se verificaram esses impedimentos.

 

Governo de cabo Verde quer deixar definitivamente a TACV

Entretanto, um despacho da agência de notícias económicas ‘Macauhub’ refere que o ministro das Finanças de Cabo Verde garantiu na quinta-feira, dia 8 de junho, que o Estado não tem interesse em participar no capital da companhia aérea TACV Internacional e que não haverá aumento de impostos para pagar a dívida de 12 mil milhões de escudos (109 milhões de euros) da empresa, “cerca de 9 a 10% do PIB.”

Olavo Correia disse ainda no final da reunião entre o governo e o Grupo de Apoio Orçamental (GAO) que a companhia aérea foi um dos temas do encontro, tendo uma das recomendações sido precisamente que o governo encontre uma solução rápida para o problema da transportadora aérea.

O Banco Mundial suspendeu a ajuda a Cabo Verde até que o governo apresentasse um plano de reestruturação da companhia aérea, tendo o ministro das Finanças admitido que a situação se mantém sem qualquer alteração.

Os membros do GAO recomendaram ao governo do arquipélago que “actue rapidamente” para procurar reduzir a dívida pública, que em 2016 subiu 4,4 pontos percentuais para os atuais 132,2%, do Produto Interno Bruto (PIB). A recomendação saiu da primeira reunião de 2017 da missão de avaliação do GAO, que decorreu durante toda a semana e quinta-feira concluiu os seus trabalhos.

Os membros do GAO – Banco Africano de Desenvolvimento, Banco Mundial, Luxemburgo, Portugal e União Europeia – mostraram-se “encorajados” pelos resultados económicos alcançados por Cabo Verde em 2016, ano em que a economia cresceu 3,9%, contra 1,1% em 2015 e o défice orçamental reduziu-se em um ponto percentual para 3,6%.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

GOL obtém autorização para subscrever empréstimo de um bilhão de dólares para evitar bancarrota

A GOL Linhas Aéreas, companhia aérea brasileira que passa...

João Carlos Pó Jorge exonerado das funções de diretor-geral da LAM – Linhas Aéreas de Moçambique

O Conselho de Administração das Linhas Aéreas de Moçambique...

Incidente com Airbus A320 da TAP na Dinamarca origina alteração de ‘software’ de motores

As autoridades dinamarquesas recomendaram a alteração de software utilizado...

SITAVA diz que a TAP excluiu o pessoal de terra dos novos acordos de empresa já negociados

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA)...