FAA testa combustíveis sem chumbo para aviões

A FAA (Federal Aviation Administration) iniciou a primeira fase de testes a quatro combustíveis sem chumbo para a aviação, no Centro Técnico William J. Hughes, em Atlantic City (New Jersey), como parte da transição do avgas 100LL, cujo phaseout (saída do mercado) está previsto para 2018. Dois dos referidos combustíveis foram desenvolvidos pela Swift Fuels e os restantes, pelas petrolíferas Shell e pela Total, respectivamente. Os produtores de combustíveis submeteram os seus combustíveis de substituição ao abrigo da iniciativa PAFI (Piston Aviation Fuels Initiative), um esforço conjunto do Governo e da indústria para acelerar o desenvolvimento e a distribuição de um novo avgas sem chumbo, capaz de suprir as necessidades da actual frota de aviões com motor a pistão, estimada em cerca de 167 mil aviões.

Os testes em curso procuram determinar se os combustíveis sem chumbo são compatíveis com os sistemas dos aviões, nomeadamente, reservatórios, mangueiras, bombas, indicadores do nível de combustível e outros. Dois ou três dos candidatos serão seleccionados para a segunda fase de testes, que envolverá voos de experimentação dos combustíveis sem chumbo, no próximo ano. Estes testes incluem voos com misturas de 100LL e avgas sem chumbo, dados que a transição será gradual. As duas fases deste programa são financiadas em cerca de 6 milhões de dólares (5,1 milhões de euros) por ano pelo Congresso norte-americano.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica