Força Aérea russa espera entrega do primeiro Il-76MD-90A

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Concurso Newsavia Voefloripa

A Força Aérea da Rússia está a preparar-se para receber o primeiro de dois aviões Ilyushin Il-76MD-90A no final do ano. O ministro russo da Defesa colocou uma ordem de compra para 39 unidades da nova versão do birreactor em Outubro de 2012, no valor de 140.000 milhões de rublos (3951 milhões de dólares), para entrega até 2020. Cerca de 1000 Il-76 originais foram produzidos na fábrica da Tashkent Aviation Production Association (TAPO), no Uzbequistão, mas o presidente russo Vladimir Putin tomou a decisão, em 2009, de relançar a produção na fábrica da Aviastar, em Ulyanovsk, na Rússia.

Numa cerimónia realizada em Ulyanovsk, no dia 15 de Agosto, o primeiro Il-76MD-90A foi batizado com o nome do CEO da Ilyushin, Victor Livanov, que morreu em Maio. O MSN 01-05 fez o seu primeiro voo no dia anterior. Foi antecedido por três aviões de desenvolvimento. Os primeiros dois Il-76MD-90A serão entregues na Base Aérea de Ivanovo, onde as tripulações da Aviação de Transporte Militar da Força Aérea da Rússia farão a sua conversão de tipo. Actualmente, operam cerca de 120 aparelhos Il-76M/MD. “A nova máquina tem um maior payload e um maior alcance. Os sistemas embarcados de última geração permitem-lhe um maior leque de missões e a precisão de lançamento em pára-quedas e a capacidade de aterragem em condições adversas foi muito melhorada”, explicou o tenente-general Vladimir Benediktov, comandante da Aviação de Transporte Militar. Com um peso bruto de 463.000 libras (210 toneladas) e quatro motores Perm PS-90A76 turbofans, o Il-76MD-90A pode transportar um payload de 114.000 libras (51,7 toneladas) num raio de 2.700 NM (5.000quilómetros).

De acordo com declarações do CEO da Aviastar, Sergei Dementiev, a fábrica “está preparada para produzir até 190 Ilyushin nos próximos 15 anos. Para isso, estamos a refazer as nossas instalações de montagem final, de modo a que nossa produção anual possa subir para 18 aviões. O modelo de financiamento desenvolvido para este tipo de avião vai até 2030”. Até à data, os militares russos são os únicos clientes para o Il-76MD-90A, mas Sergei Dementiev disse que outras agências do Governo, incluindo o Ministério para as Emergências, a Polícia e o Serviço de Segurança Federal, também vão colocar ordens de compra. “Além disso, acredito que este avião possa receber muitas encomendas para exportação, da Argélia, Irão, Casaquistão e até da África do Sul. Penso que exportaremos o primeiro par em 2017”, acrescentou.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Governo Português envia avião da TAP com ajuda humanitária para o Rio Grande do Sul

O Governo português vai enviar, na próxima terça-feira, dia...

GOL e AZUL anunciam acordo de ‘codeshare’ que vigorará a partir do final de junho

As companhias aéreas brasileiras GOL e Azul anunciam nesta...

SATA Air Açores transportou doentes do Hospital de Ponta Delgada que estavam na Madeira

A SATA Air Açores realizou nesta quarta-feira, dia 22...