Fragmento da asa encontrado no Índico pertence ao avião da Malaysia

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O fragmento de asa de avião encontrado na ilha francesa de Reunião, no Oceano Índico, em julho passado, pertence ao avião Boeing 777-200 da Malaysia Airlines que fazia o voo MH370, e que desapareceu em Março de 2014, com 239 pessoas a bordo, enquanto fazia a rota entre Kuala Lumpur, na Malásia, e Pequim, na China, confirmou nesta quinta-feira, dia 3 de Setembro, a Procuradoria de Justiça de Paris, em França.

O destroço, que mede cerca de dois metros de comprimento, foi encontrado em 29 de julho no Oceano Índico, perto de restos de uma mala e de garrafas plásticas com inscrições em indonésio e chinês. O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razan, já tinha confirmado em 5 de agosto que a peça pertencia ao Boeing 777 da Malaysia Airlines, mas a França ainda não tinha se pronunciado de forma oficial.

A peça encontrada numa praia da ilha de Reunião tinha sido enviada para análise num laboratório do Ministério da Defesa francês, em Toulouse, onde peritos em aviação e engenheiros da Boeing confirmaram as semelhanças do material e, depois, manifestaram a certeza de que a peça só poderia ter equipado o Boeing 777-200 desaparecido.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

TAP Air Portugal terá 95 voos semanais para o Brasil no mês de julho

Uma delegação da TAP Air Portugal, liderada pelo seu...

Teste de táxi aéreo elétrico pode definir novo tipo de transporte para peregrinos do Hajj, na Arábia Saudita

Num movimento histórico, a Arábia Saudita conduziu com sucesso...

Instituto Superior de Aeronáutica e Turismo de Cabo Verde instalado na ilha do Sal

A Universidade Técnica do Atlântico (UTA) apresentou publicamente na...